PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Cemitério da Ilha de Guaratiba foi palco para novela!

Déborah Secco gravou cena na quarta-feira.

Nas cenas, Deborah gravou a cena em que sua personagem vai levar flores ao túmulo do pai, que morre em um acidente ao tentar impedir que ela se prostitua.

O pai de Maria do Céu vai armar uma confusão no bar onde a filha trabalha. Ela é demitida e, para provocar Edivaldo, vai até o banheiro se arrumar. Já pronta como uma prostituta, com roupa bem provocante, sai do bar e ele manda Céu trocar de roupa, afirmando que filha dele não pode se vestir daquela forma.

A jovem desafia o pai, que sai correndo pelas ruas atrás dela. Depois disso, já na estrada, Edivaldo ainda tenta impedir a filha de entrar no carro de um homem, mas ao atravessar a pista, é atropelado por um caminhão e morre.

| 01.08.2008 |Fonte:

Pingüins são encontrados em Barra de Guaratiba.

De nove que apareceram na praia, apenas um sobreviveu.

Nove pingüins foram encontrados na manhã de sábado (26) por crianças que estavam na Praia da Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio. Apenas um sobreviveu.

Segundo o Grupamento Marítimo de Barra de Guaratiba, os pingüins foram encontrados por volta de meio-dia, encalhados na areia da praia. Sete já estavam mortos e um morreu quando estava sendo levado pelos bombeiros. A estimativa é de que pelo menos 50 pingüins já foram resgatados na região, apenas no mês de julho.

Mais de 400 pingüins, a maior parte deles bem novos, foram encontrados mortos nas praias do Rio nos últimos dois meses, de acordo com Eduardo Pimenta, superintendente da agência de proteção ambiental e da costa da costa na cidade de Cabo Frio.

Embora seja comum encontrar alguns pingüins - tanto vivos como mortos - levados pelas fortes correntes oceânicas do estreito de Magalhães, Pimenta disse que foram encontrados mais animais neste ano que em qualquer outro da memória recente.

Especialistas estão divididos quanto às possíveis causas.

Thiago Muniz, um veterinário do Zôo de Niterói, disse acreditar que o excesso de pesca forçou os pingüins a nadar mais longe para conseguir comida "e os deixou em uma posição mais vulnerável, para serem pegos por correntes oceânicas fortes."

O zoológico de Niterói, o maior do Estado, já recebeu cerca de 100 pingüins para tratamento neste ano, e muitos estão encharcados de petróleo, disse Muniz.

Muniz disse não ter visto pingüins sofrendo de efeitos de outros poluentes, mas disse que animais já mortos não são levados ao zôo.

Pimenta sugeriu que a culpa é da poluição. "Além do óleo na bacia de Campos, a poluição está baixando a imunidade dos animais, deixando-os mais vulneráveis a fungos e bactérias em seus pulmões", disse, citando um biólogo que trabalha com ele.

Mas o biólogo Erli Costa, da Universidade Federal do Rio, sugeriu que padrões climáticos podem estar envolvidos. "Eu não acredito que os níveis de poluição estejam altos o suficiente para afetar os pássaros tão rapidamente. Eu acredito que estamos vendo pequenos pingüins doentes devido ao aquecimento global, que afeta as correntes oceânicas e cria mais ciclones", disse.

Costa disse que a maioria dos pingüins são filhotes que acabaram de deixar o ninho e não conseguem nadar em águas mais turbulentas, enquanto procuram por comida.

Todos os anos o Brasil manda de volta para a Antártida e Patagônia, de avião, dezenas de pingüins.

| 01.08.2008 |Fonte: Estadão

Exame clínico ou bafômetro?

Acidente em Guaratiba no dia 26 de junho prova que exame clínico não funciona.

Além da punição, outro ponto levanta polêmica em tempos de Lei Seca: o exame clínico. Sem ter como fazer o teste sangüíneo para medir a quantidade de álcool no sangue, peritos do Instituto Médico-Legal (IML) do Rio de Janeiro defendem essa avaliação como a ideal. Mas ela também pode falhar. Que o diga a agente administrativa Mauricéia Rouboud Dias, 49 anos, que viu o IML de Campo Grande atestar que Antônio Carlos Ferreira da Silva, 50, estava sóbrio quando esmagou o filho dela, o auxiliar de almoxarifado Rafael Rouboud Dias (detalhe), 22, com um caminhão em 28 de junho. Testemunhas viram o motorista passar a tarde bebendo 15 cervejas por quase quatro horas com um amigo. E depuseram na 35ª DP (Campo Grande).

"Eu e Antônio Carlos, que conheço há mais de 20 anos, tomamos 15 cervejas, entre 9h e 12h45min, naquele dia", detalhou o porteiro Josué da Silva Barros, 43 anos. A estudante Dominique Poliana Barbosa de Souza, 23, o professor Leandro Barbosa, 33, e Lúcia de Jesus Cunha da Silva, 56, vizinhos de Rafael, também viram Antônio tomando "várias" cervejas no Esquina's Bar, distante 20 metros da casa da vítima.

Mauricéia revolta-se também com a decisão do juiz da 2ª Vara Criminal de Campo Grande, Rubens Roberto Rebello Casara, que mandou soltar o atropelador após 20 dias de prisão. "Não vejo necessidade de ele permanecer preso durante os depoimentos", justificou o magistrado, que também o isentou do pagamento de fiança. "Que Justiça é essa que deixa solto um assassino que tira a vida de um jovem inocente e cheio de vida? Há testemunhas de sobra que ele (Antônio) estava bebendo", desespera-se Mauricéia.

A tragédia aconteceu na Rua Campo Formoso, em Guaratiba. Com a carteira de habilitação vencida desde 28 de maio, e com pinos na perna por conta de uma fratura, Antônio Carlos pegou emprestado o caminhão INZ-4194 para levar os netos de 2 e 4 anos para passear. Ele esmagou Rafael, que estava encostado em um carro, e fugiu sem prestar socorro. "O caminhão estava em alta velocidade", conta Lúcia. "Quando viu o Rafael ferido no chão, ele ainda disse que não era nada e que meu enteado deveria ficar de pé. Quase foi linchado", conta Paulo Bispo da Silva, 54.

O caso foi registrado como homicídio culposo (sem intenção). O biscateiro, que era vizinho da vítima, foi preso em flagrante por PMs do Regimento de Polícia Montada. Ao juiz, Antônio alegou que tomara só uma cerveja de manhã.

"Livre para matar inocentes"

Mauricéia Rouboud DIas, 49 anos, mãe de Rafael, diz que "a dor da morte do meu filho, de forma tão estúpida, se mistura a cada dia com a revolta de saber que o assassino está solto, livre para matar outros inocentes. Mesmo com tantas testemunhas, é inacreditável e inaceitável que o exame clínico no IML tenha dado negativo para a embriaguez. Meu filho era saudável e sonhava ser policial. Localizado por vizinhos no dia do crime, Antônio Cardoso, trôpego, ainda zombou do meu filho, que estava agonizando no chão, dizendo que aquilo era cena."

| 01.08.2008 |Fonte:

Copacabana tem banda larga grátis!

Moradores de Guaratiba com o pior IDH do Rio também querem conexão rápida grátis.

Enquanto o governo do estado disponibiliza acesso gratuito à Internet banda larga na orla de Copacabana, moradores de bairros nas zonas Norte e Oeste e Norte, não conseguem o serviço nem pagando. No bairro que inaugurou a projeto de Orla Digital, a renda média mensal é de R$ 2.707,80 mais do triplo que a de Campo Grande, segundo o Censo 2000 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Lá, moradores terão que esperar pelo menos até o final deste ano para ter o mesmo privilégio.

Quem não tem conexão rápida precisa gastar dinheiro em lan houses ou recorrer aos amigos. É o caso da estudante de Enfermagem, Yasmin Lopes, 15 anos, que gasta cerca de R$ 120 em lan houses por mês fazendo pesquisas para seu curso. “Como são muitas páginas de trabalho, às vezes fico horas em frente ao computador. Gasto R$ 30 por semana. Estamos sem expectativa de solução para nosso problema”, lamenta a jovem. Ela tenta há mais de um ano encontrar uma empresa que leve a banda larga até sua casa.

“Na Zona Sul não falta nada e o governo só beneficia os moradores de lá, que podem comprar o que quiserem. O mais lógico e correto seria trazer esse projeto para as áreas mais carentes”, critica a artesã Janaína Ventura dos Santos, 29 anos, moradora da Penha. Ela já nem usa mais o computador devido à falta de Internet com banda larga.

Moradores de Turiaçu vivem o mesmo drama. “Não ter Internet rápida aqui prejudica o meu trabalho”, queixa-se o comerciante Ivan de Moraes Júnior, 28 anos. Ele tem uma empresa que adapta instalações de gás em residências. “Com a rede, poderia me comunicar melhor com meus clientes por e-mails”, completou.

No primeiro fim de semana com conexão grátis, houve até turista aproveitando a novidade para... trabalhar. De férias com a família no Rio, o advogado de São Luis do Maranhão Júlio César Coelho, 44, aprovou a novidade. Durante um passeio com a família no calçadão, parou em um quiosque para enviar e-mails de trabalho. “É uma idéia excelente!

Ao mesmo tempo que descanso, não deixo de me comunicar com meus clientes”.

O secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, justifica a escolha de Copacabana. “Como não sabíamos como ia ser o retorno do Projeto Orla Digital, colocamos em Copacabana, que tem facilidades como topografia, postes e rede elétrica. Estudamos até o fim do ano ou início de 2009 levar a Internet para Baixada e Zona Oeste”. A Baixada deve receber a Internet rápida em novembro. A cobertura em todo o estado só está prevista para 2010, segundo o secretário.

| 01.08.2008 | Fonte:

Movimento Fé e Amor a nova página do Portal Social.

A partir dessa semana o link da página estará disponível no Menu do Portal Guaratiba.

O Movimento Fé e Amor é uma instituição sem fins lucrativos, fundada por um Irmão Jesuíta, cuja missão é favorecer o processo de transformação social por meio de um trabalho sócio educativo desenvolvido junto a comunidades em situação de risco e exclusão, com especial atenção à criança e ao adolescente. O Movimento Fé e Amor têm, desde 1992, concentrado seu trabalho na zona oeste, onde mantém, na comunidade do Retiro , no bairro de Ilha de Guaratiba, o Núcleo de Cidadania Fé e Amor. A Instituição é registrada nos Conselhos Municipal e Nacional de Assistência Social, no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente, portadora do Certificado de Entidade de Assistência Social e dos Títulos de Utilidade Pública Estadual e Federal.

O Núcleo de Cidadania Fé e Amor fica localizado na comunidade do Retiro, uma das mais afastadas da região central do bairro. Contando com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente e da Secretaria Municipal de Assistência Social, o Projeto funciona de segunda a sexta das 8 às 17 horas, monitorado por uma equipe técnica e com a colaboração de uma equipe de apoio. As atividades oferecidas na área da educação e da geração de trabalho e renda se complementam, visando à transformação social e à melhoria da qualidade de vida da população

| 01.08.2008 | Veja Site do Projeto disponibilizado no Portal