PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Festa na Capelinha de Nossa Senhora da Saúde.

No domingo, dia 9 de novembro de 2008 a partir de 10:00 hs.

A igrejinha de Nossa Senhora da Saúde existente no alto do Morro da Vendinha, adveio de uma construção em forma de abrigo e que servia de Casa de Oração (Oratório).

Desse abrigo fiscalizavam o tráfico negreiro através da visão ampla que tinham da Baía de Sepetiba, rios e canais, possibilitando um controle completo dos barcos que entravam e saiam a mar aberto.

Ao lado da Casa do Porto, que hoje não mais existe, construída junto da maré, próximo à entrada da Barra, ficava o ancoradouro dos barcos.

Da Capela têm-se uma visão total desse local que outrora era fundo, mas hoje, com a modificação ecológica estreitou o canal e formou-se um baixio. Conclui-se tambem que sendo o local onde está a Capela de difícil acesso, não teria levado o sacerdote, na época, a edificar templo somente para atos litúrgicos. A construção teve dupla finalidade.

Hoje com subida facilitada pela Rua da Bica com acesso pela Almirante Carlos Tinoco, é uma oportunidade imperdível tendo em vista que a capela somente abre em dias de festa e uma vez por mes para missa.

A festa deverá começar com uma missa celebrada às 07:00 hs após a missa haverá um almoço, churrasco, bingo e música ao vivo a partir das 10:00 hs.

| 03.10.2008 |Texto descritivo extraído do livro de Francisco Alves Siqueira

Escola de agricultura familiar abre inscrições.

Todos os alunos receberão bolsa auxílio mensal de R$ 260.

O curso visa a inclusão social e o estímulo à Segurança Alimentar para as pessoas que estão perto da linha de vulnerabilidade social. Os alunos são capacitados durante 3 meses em agricultura familiar e produção animal com aulas teóricas e práticas. Os encontros são diários e realizados no Centro Municipal de Segurança Alimentar e Agricultura Familiar, na Fazenda Modelo, em Guaratiba.

Os alimentos plantados pelos hortelões, os ovos, as aves e os coelhos criados na granja da Fazenda Modelo são utilizados para abastecer os refeitórios do projeto Cozinheiras Comunitárias, Centros de Acolhimento e outros equipamentos da Prefeitura do Rio. Todos os usuários recebem uma bolsa-auxílio mensal.

O curso oferece aulas sobre Ética, Direitos Humanos e Cidadania, técnicas Agrícolas e de Produção Animal, Gestão de Negócios, Desenvolvimento Local, Educação Ambiental e Educação Alimentar. A equipe de professores é formada por agrônomos, zootecnistas e auxiliares técnicos nas áreas de produção animal e vegetal.

Além de garantir a segurança alimentar, os beneficiários estarão aptos a produzir hortaliças, criar animais, além de produtos naturais de boa qualidade nos quintais de suas casas ou em terrenos subutilizados para o autoconsumo e a comercialização.

O projeto é uma parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) com a Obra Social da Cidade do Rio de Janeiro e com o Governo Federal. Está sob a coordenação da Escola Carioca de Agricultura Familiar, vinculada à Secretaria.

São 50 vagas para pessoas de baixa renda aprenderem, em três meses e de graça, a produzir hortaliças e a criar pequenos animais. Todos os alunos receberão bolsa auxílio mensal de R$ 260. Desde maio de 2005, a Escola capacitou 629 alunos. D e acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, as inscrições devem ser feitas no Centro Municipal de Segurança Alimentar (Estrada da Matriz 4.445, Guaratiba) até 10 de outubro, em dois horários: das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 15h30. É necessário apresentar documento de identidade e CPF. Mais informações pelo telefone 2410-7177.

| 26.09.2008 | Fonte: SMAS

Problemas diários para quem depende do ônibus em Pedra de Guaratiba.

Moradores chamaram o RjMóvel.

A população de Pedra de Guaratiba é de aproximadamente 87 mil moradores. A grande maioria trabalha ou estuda fora da região. Por isso, os ônibus estão sempre lotados.

Bem cedo, o tamanho da fila em um ponto já é grande. O sofrimento das pessoas começa no tempo que elas esperam para embarcar. A situação piora quando elas entram no ônibus, que segue sempre superlotado.

“Vou tentar entrar, estou atrasada”, diz uma passageira.

E a cada ônibus que chega, mais reclamações e atrasos no trabalho... “Tive que desistir, porque realmente não dá. Esses ônibus só andam cheios desse jeito”, lamenta um homem.

“A hora está passando e a gente chega atrasada porque não há ônibus, não dá para entrar”, reclama uma mulher.

Em dezembro do ano passado o RJ-Móvel denunciou o mesmo problema. De lá para cá, nada mudou, segundo os moradores. Ainda são poucas opções: apenas quatro linhas. Duas vão para a Barra da Tijuca e outras duas para o Centro. A 1135, única para quem precisa seguir para a Zona Sul, custa R$ 8,50.

O RJ-Móvel parou na Estrada da Matriz, a principal via de Pedra de Guaratiba, por onde passam todos os ônibus. É impressionante como não pára de chegar gente ao ponto que nós escolhemos para conversar com os moradores. Na tentativa de pegar um ônibus menos cheio eles chegam mais cedo. Adianta?

“Não adianta, todo dia é a mesma coisa, chegamos atrasados no trabalho e se quisermos chegar mais cedo, temos que pagar R$ 8,50 ou R$ 5 de Van”, afirma uma passageira.

“Parece até que não estamos pagando, parece que pedimos para andar, parece uma lotação gratuita”, comenta outra.

A Secretaria Municipal de Transporte do Rio reconheceu que não fez o remanejamento de linhas como prometeu quando o RJ-Móvel esteve em Pedra de Guaratiba, em dezembro do ano passado. Segundo a secretaria, uma resolução de julho deste ano impediria mudanças durante o processo eleitoral.

A secretaria disse também que vai aumentar a fiscalização, avaliar o intervalo e a lotação dos ônibus que passam pelo bairro. Ainda de acordo coma prefeitura, houve uma tentativa de licitar novas linhas, mas o sindicato das empresas de ônibus conseguiu suspender a licitação na Justiça.

Sobre este assunto, a Rioônibus disse que o número de linhas é suficiente, porque o movimento grande acontece apenas pela manhã e que os ônibus ficam na maioria parados durante a tarde por falta de passageiros. Além disso, o aumento da frota iria causar impacto no trânsito da Barra da Tijuca.

A Viação Pegasus disse que em novembro haverá dez novos ônibus na linha 882.

| 03.10.2008 | Fonte:

Ator Global abre restaurante na Ilha.

Da arte de atuar para a arte de apreciar pratos saborosos e criativos.

Assim, o ator Marcos Wainberg uniu seu sonho empreendedor e gosto pela boa comida aos dons culinários de sua filha, Daniela Wainberg, em uma agradável e deliciosa casa de massas artesanais, o Tanamesa Massas, localizado na praça da Ilha de Guaratiba.

São massas, quiches, antepastos, petiscos, almoço executivo e outras delícias que podem ser apreciadas no próprio Restaurante ou levar para servir em casa. Proporcionar sabor e praticidade nas refeições diárias, reuniões de família, festas para amigos, buffet completo para festas, fornecimento para restaurantes, é o objetivo do Tanamesa.

"O que tem feito o maior sucesso mesmo é o Rodízio de Pesticos, que acontece todas as sextas-feiras das 17:30h às 23:30h. Servimos antepastos, porções variadas, espetinhos... imagina, virou o ponto de encontro de amigos curtirem o happy-hour tradicional de sexta!”, disse Daniela.

| 03.10.2008 | Tanamesa Massas: Estrada da Barra de Guaratiba - 108C - Largo da Ilha - Tel 3410.0334 / 2410.0334

Cemitério Parque será construído na Ilha de Guaratiba.

Alguns moradores estão contra a construção.

Quem passava pela Estrada da Matriz e via o grande portão de concreto ao lado da Matriz São Salvador do Mundo especulava o que poderia ser aquela construção.

Esta semana as máquinas de terraplanagem estavam no local e finalmente ficamos sabendo que na área será construído um Cemitério Parque no estilo do Jardim da Saudade, do mesmo proprietário.

Alguns moradores estão contra a construção, protestaram, e segundo soubemos, buscariam um meio de suspender a obra. Ao Portal compete divulgar todas as opiniões, dos que são contra e daqueles a favor.

.

| 03.10.2008 |