PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Programa Vizinho Amigo contra a Dengue.

Fazenda Modelo capacita voluntários em Guaratiba.

A principal ação do programa Vizinho Amigo é a realização de cursos de capacitação gratuitos para a população. Esses cursos terão o objetivo de formar voluntários que contribuirão para o combate ao mosquito transmissor da doença dentro de sua própria casa, prédio, condomínio ou bairro, conscientizando os demais moradores da vizinhança.

O Vizinho Amigo contra Dengue, instituído pelo Grupo de Trabalho contra Dengue - GT_DENGUE, está treinando servidores municipais oriundos de diversos segmentos da Prefeitura, capacitando-os para a transmissão de conhecimentos básicos, necessários à prevenção e combate à dengue.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prossegue nas ações de combate à dengue na cidade do Rio de Janeiro. Em dezembro, os participantes já capacitados no Programa Vizinho Amigo e agentes das equipes de Saúde da Família visitarão diversas comunidades, para realizar trabalho educativo e de prevenção de combate à doença e organizar mutirões.

Durante as ações, os moradores poderão se inscrever no Programa, recebendo treinamento no mesmo dia. Estes começarão às 9h e a expectativa é de capacitar mais 120 voluntários. Desde agosto deste ano, 360 voluntários participaram do curso de capacitação na região de Campo Grande.

Confira os dias e locais de treinamento:
Dia 5:Programa Saúde da Família (PSF) Vila Verde
Dia 6: Condomínio Vivendas da Figueira, em Cosmos
Dia 8: Posto de Saúde Professor Oswaldo Villela
Dia 9: Escola Municipal Embaixador Araújo, em Vila Nova - Campo Grande
Confira dias e locais dos eventos da formação dos mutirões:
Dia 5: PACS Vila Verde
Dia 7: PSF Vila do Céu
Dia 10: PSF Ilha de Guaratiba
Dia 11: PSF Jardim Anápolis
Dia 16:PSF Fazenda Modelo II

| 12.12.2008 |

O Rio de Larry Rohter.

Correspondente do New York Times no Brasil fala de Guaratiba.

O americano William Lawrence Rohter, Jr, ou Larry Rohter (foto), 59 anos, foi, durante oito anos, correspondente do New York Times no Brasil. Mas sua história com o país é muito maior do que uma relação profissional. Aqui, ele conheceu sua mulher, Clotilde, e acumulou diversas lembranças, especialmente do Rio de Janeiro, onde fixou residência. Agora, está de volta para lançar "Deu no New York Times", coletânea de artigos de leitura obrigatória. Na série "O Rio de...", ele cita um de nossos maiores escritores, homenageia a família carioca, festeja uma paisagem de sonho e recomenda programas imperdíveis.

" -Como todo mundo, gosto de um domingo na praia - meu ponto preferido está lá no Posto 11, no Leblon, ou com meu filho na Barra. Também gosto muito daqueles churrascos de família na tarde de domingo, jogando conversa fora com parentes sobre política, futebol, cinema, etc. Mas, de vez em quando todo mundo cansa do barulho e da bagunça da vida urbana, e tem que fugir. Quando isso acontece, o Rio de Janeiro tem uma grande vantagem: você pode encontrar lugares tranqüilos dentro da própria cidade. Meu programa favorito é passar a manhã no Sitio Burle Marx, apreciando a casa e os jardins do Burle Marx. Depois, sempre almoço no restaurante 476, em Pedra de Guaratiba (a moqueca capixaba com pirão é meu prato preferido), com aquela vista preciosa da baía. Para finalizar, sempre paro na Casa do Pontal, que tem uma coleção de arte e artesanato nordestino tão variado e incrível que inspirou o Jose Saramago a dizer que o museu é "um tesouro nacional, mais importante que o Corcovado". E pronto: volto para casa descansado e refrescado."

| 12.12.2008 | Leia o artigo completo de Ancelmo Gois.

Projeto de Lei nº 5476.

Projeto para cancelamento da taxa telefônica de R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial).

O Projeto de Lei nº 5476 está tramitando na 'COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR' na Câmara e prevê a extinção da assinatura mensal nas contas de telefone. Você só pagará pelas ligações efetuadas.

Para manifestar seu apoio ao projeto, ligue para 0800 619-619.

A ligação é gratuita mas não pode ser feita a partir de telefone celular. Uma gravação vai indicar opções para discagem. Não digite nada e você será transferido para um atendente.

Ao ser atendido, diga que é para se manifestar a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo, Projeto de Lei de nº 5476. O atendente fará algumas perguntas (nome completo, cidade, data de nascimento, profissão e qual sua opinião a respeito do projeto).

Ninguém sabe até quando vai a votação. Esse tipo de assunto não é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso. Então temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós!

| 12.12.2008 |

Polícia prende bandido em Guaratiba.

Capturado depois de três meses de caçada.

Depois de ser preso, solto por decisão judicial equivocada e fugir de um hospital com um tiro na perna, Valter Barbosa da Paixão, o Pitico da Vila Kennedy, está novamente atrás das grades. Foragido da Justiça, o bandido foi recapturado na manhã de ontem, em Guaratiba, em ação conjunta da Secretaria de Segurança com a Supervisão de Oficiais e o Serviço Reservado do Regimento de Polícia Montada (RPMont).

A equipe chegou à casa onde ele estava escondido, na Rua Brejinho de Nazaré, no bairro Jardim Maravilha, por volta das 7h. Pitico estava sozinho e dormia em um sofá num cômodo anexo à residência. Os policiais puxaram o cobertor e deram voz de prisão.

Segundo os agentes, ele ainda tentou negociar para não ser preso. “Perdi, mas não tem nem uma idéia? A vida na cadeia vai ser difícil assim”, disse, referindo-se aos pinos fincados em sua perna direita desde setembro, quando foi baleado ao trocar tiros com policiais do 9º BPM (Rocha Miranda).

Investigado e preso em julho pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRFA), sob a acusação de roubar veículos para a quadrilha da Vila Kennedy, o criminoso havia sido solto em agosto. O benefício foi concedido por uma confusão feita pelo juiz, que, em sua decisão, cometeu um erro e ‘colou’ trecho de um despacho de absolvição de outro processo.

| 12.12.2008 | Leia no Dia reportagem completa

Artesão de violão morador da Pedra de Guaratiba apresenta-se no Sesc Amapá.

Hugo Martinez (Escultor de som).

Nesta sexta-feira, 12, o Sesc apresentará Hugo Martinez (Escultor de som) no Sesc Centro, a partir das 19h. A proposta é fazer a apresentação de Martinez, um dos mais conhecidos artesãos de violão do país, para a sociedade, músicos, intelectuais, artistas e imprensa, já que a partir de 2009 pretendemos montar uma Escola Lutheriana no Amapá (projeto de 3 a 5 anos).

A técnica luthieria é a arte artesanal e técnica bem apurada de fabricar instrumentos musicais de madeira como violão, violino, cavaquinho, bandolim, entre outros. O trabalho vai desde a construção a acústica dos instrumentos.

Preocupado com o futuro dos luthieres, Martinez quer despertar nas pessoas o mundo mágico do luthier, repassando as técnicas e conhecimentos de seu trabalho.

Os alunos aprendem noções de marcenaria, história da luteria, antes de chegarem a fabricar violões.

O luthier Hugo Martinez já trabalhou em outros estados brasileiros e até fora do País. Recentemente, ele abriu uma escola de luteria em Santarém, oeste do Pará.

Músicos renomados têm seus instrumentos confeccionados por ele: Sebastião Tapajós, Carlinhos Vergueiro, José Xavier de Menezes (Zé Menezes).

HUGO MARTINEZ FABREU, tem 59 anos e mais de 40 dedicados a música e a fabricação de instrumentos musicais, sempre teve um sonho: construir de forma artesanal uma série de instrumentos de corda, utilizando apenas madeiras genuinamente brasileiras. Sonhando ainda mais alto, Hugo imaginou para esses instrumentos, estéticas sonoridades perfeitas, a ponto de serem reconhecidos em países como a Áustria, a Alemanha e a Rússia, berços da música clássica.

De seis meses para cá, o desejo do luthier vem ficando cada vez mais próximo da realidade. Em parceria com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, o uruguaio de coração brasileiro – ele mora em Pedra de Guaratiba há 18 anos – está estudando madeiras como o ipê, cedro, imbuia e outras, ainda desconhecidas, para a construção dos violões, bandolins e cavaquinhos ideais.

Hugo Martinez já está em Macapá e a disposição para entrevistas (agendadas). Ele trará suas obras (instrumentos).

| 12.12.2008 |Texto: Juliana Coutinho

Pedófilo é preso em Pedra de Guaratiba.

Um homem, acusado de tentar violentar uma menina de 11 anos, foi preso na manhã desta terça-feira, em Pedra de Guaratiba, Zona Oeste da Cidade. O eletricista Luiz Carlos Fraga, de 60 anos, é acusado de atrair a vítima, que estava em um ponto de ônibus, para uma casa abandonada. A garota é estudante e estava indo para casa. Pessoas que passavam pelo local desconfiaram da atitude de Luiz Carlos, que conduzia a menina para o imóvel abandonado. No local, Luiz Carlos foi flagrado seminu. Segundo policiais da 35ª DP (Campo Grande), o suspeito não teve tempo de consumar o estupro. Ele vai responder processo criminal por atentado violento ao pudor.

Outro pedófilo em Santa Cruz

Outro caso de pedofilia aconteceu em santa Cruz onde um homem acusado de molestar criança de 9 anos foi preso em Santa Cruz, só que neste caso os moradores espancaram o suspeito que foi parar no hospital.

Eduardo Alves de Moura, de 45 anos foi preso na madrugada desta sexta-feira, por policiais militares do 27º BPM (Santa Cruz) acusado de molestar uma menina de 9 anos. De acordo com a polícia, Eduardo chegou a ser espancado por moradores da Estrada da Pedra, no Beco dos Teixeiras, Santa Cruz, Zona Oeste, onde o fato ocorreu.

Depois de ser socorrido pelos PMs, o acusado foi encaminhado para o Hospital Pedro II, e em seguida foi levado para a 36ª DP (Santa Cruz) onde prestará depoimento.

| 12.12.2008 |Fonte:

Sítio no valor de 400 mil em Pedra de Guaratiba era a menina dos olhos do traficante Uê.

Ernaldo Pinto de Medeiros atuava como um "atacadista" de drogas. De acordo com dados da Polícia Federal, seus negócios movimentavam R$ 20 milhões por ano. Os bens do traficante foram avaliados em R$2,3 milhões. Em sua lista de bens, constam sete imóveis e 13 carros, além de 11 contas bancárias utilizadas pelo grupo do traficante.

A mansão em que a mulher e os filhos do criminoso moravam, num condomínio no Recreio, foi avaliada em R$700 mil. Na Estrada da Pedra de Guaratiba, o sítio da família, de R$ 400 mil, era a menina-dos-olhos de Uê. O terreno tem aproximadamente cinco mil metros quadrados. Nesta área fica a casa principal, com cinco quartos, e uma casa menor, para o caseiro. Um campo de futebol e um parquinho para as crianças, além da piscina, eram as áreas de lazer do local. Uma casa de dois andares do traficante em Muriqui também entrou na lista da Justiça.

Mas como todos os traficantes, Uê não pôde gozar do que o crime lhe deu. No dia 11 de setembro de 2002, por ordens do chefe do CV, Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, Uê é morto e tem seu corpo carbonizado dentro do presídio Bangu 1, em Gericinó. Ele tinha 33 anos e toda a falsa riqueza que o tráfico lhe rendeu foi confiscada pela Justiça.

Após a morte, a sepultura onde foi enterrado, no cemitério São Francisco Xavier, no Caju, virou atração. Marjeada por duas colunas romanas e um anjo barroco o túmulo tinha também um retrato em bronze do bandido. Na peça, o traficante tem as mãos algemadas e, com os polegares, faz o sinal de positivo. Localizada a cerca de 30 m da entrada principal do cemitério, a sepultura de Uê costumava ser decorada com arranjos florais semanalmente, pelos parentes. Segundo informações da administração do cemitério, a construção custou R$ 44 mil.

| 12.12.2008 |Fonte: