PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba
Guaratiba

Com a chegada do verão o inferno se transfere para Barra de Guaratiba.

Abandonada pela Secretaria Especial da Ordem Pública, pela Secretaria Municipal de Transportes - SMTR, Pela Polícia Militar, pela CEDAE, a Barra de Guaratiba se transforma de paraíso em inferno.

Falta de água, areia invadida por ambulantes, acampamentos na praia, bêbados, baderneiros, dezenas de ônibus da viação Jabour despejando milhares de pessoas nas estreitas ruas e na pequena praia, lixo e muita desordem transformam nosso bairro.

Assim como um amigo só se reconhece quando se precisa dele, uma boa administração só se reconhece quando é necessária uma intervenção vigorosa para o restabelecimento da ordem.

Uma prova de que nosso bairro realmente está esquecido pela Prefeitura foi a publicação nesta terça feira, pela Secretaria Especial da Ordem Pública, do edital que regulamenta os ambulantes na areia da praia. Como sempre só são citadas as praias da "orla" do Flamengo ao Grumari, como se Barra de Guaratiba não fizesse parte da orla do Rio. Realmente nossos administradores desconhecem o mapa do Rio de Janeiro por isso excluíram a praia da Barra de Guaratiba do edital.

A ordem pública parece que só acontece nas praias da zona sul e Barra da Tijuca, pois em Barra de Guaratiba a camelotagem é liberada, inclusive com venda de cervejas em garrafas na areia, churrasquinhos com brasas queimando os pés dos banhistas, peixe frito, acampamentos, xixi e cocô nas águas e areias, enfim, tudo que não presta acontece por ali. Ficamos surpresos, pois essa semana alguns fiscais da Prefeitura andaram visitando a praia da Barra de Guaratiba avisando que não vão tolerar mais essas arruaças. Vamos esperar e torcer para que seja verdade.

Um fato conhecido por todos os moradores da Barra de Guaratiba é a falta de água nos dias quentes de primavera e verão. Basta esquentar um pouco que as bicas secam. A cada ano a situação piora a despeito de afirmações da CEDAE e de seus prepostos no Bairro de que tudo está normal. Ano passado foi realizada uma reunião com representantes da CEDAE e moradores na sede do bloco "Arrastão da Barra de Guaratiba", e, os funcionários afirmavam na maior "cara de pau" de que tudo estava normal e que não havia falta de água. Alguns moradores, conhecidos nossos, indignados, abandonaram a reunião, pelo menos foi isso que nos contaram.

Nós, como já tivemos alguns desentendimentos com a CEDAE, mesmo na difícil tarefa de escutar as notícias para repassá-las, não tivemos estômago para comparecer a essa famigerada reunião, até porque já sabíamos o que seria falado, como efetivamente foi. De que tudo estava normal e os moradores tinham cisternas que os supririam nos dias em que a água não chegasse (sic). Acontece que nossas cisternas não agüentam semanas sem entrar uma gota de água; no máximo alguns dias sem o líquido e temos de repor o estoque.

A quantidade de carros extras na linha 867 enfileirados na Estrada Roberto Burle Marx se assemelham a vagões do metrô, prontos a despejar milhares de banhistas na pequena praça.

Segundo o que nos informaram, ao aprovar uma concessão, a SMTR estabelece um número de carros na linha, até porque aquela seria a quantidade de carros que a mesma estaria disposta a oferecer aos usuários. Porque no verão a Jabour desloca essa quantidade formidável de carros para a linha 867. Será que no verão torna-se extremamente lucrativa? E os moradores da Barra de Guaratiba devem ficar calados ante essa agressão capitalista? Temos conhecimento que já houve uma manifestação por escrito dos moradores repudiando essa atitude da empresa de ônibus, mas parece que como outras reclamações encaminhadas à Prefeitura não deu em nada.

O engarrafamento de 6 km na Estrada Roberto Burle Marx, afinal, não é culpa da prefeitura, mas certamente poderia ser amenizado se lá na entrada da Avenida das Américas já existisse um aviso alertando aos motoristas desavisados ou que viessem apenas por curiosidade que o tráfego estaria lento devido a esse congestionamento. Dessa forma, muitos abandonariam a idéia de vir por aquele caminho. Isso acontece já na saída da Estrada Lagoa Barra: ao chegar na Lagoa o motorista encontra um aviso dando conta do trânsito e pode decidir que caminho tomar.

E fica aqui uma sugestão para a Polícia Militar: que tal se fosse aplicada a "Lei Seca" na região? Só pedimos que se cumpra a lei: - que os bêbados sejam retirados das ruas para proteção de nossas crianças e famílias que trafegam na Estrada da Barra, e, que os "rapazes alegres" com aqueles carros que mais parecem trios elétricos sejam "carinhosamente" incentivados a baixar o volume e nos deixarem dormir ou assistir TV.

| 06.09.2009 |

Comentários de nossos leitores.

Faça também seu comentário. É importante para nós.

Nome
Email
Comentário
  

Finalmente, XXVI Região Administrativa da Pedra de Guaratiba foi ao chão.

Em 14 de novembro de 2008 o Portal já denunciava o abandono.

Paródia com crítica ao comportamento do Congresso Nacional.

Vale a pena ver. Nossa realidade é tragicômica. Vamos aprender a votar e que Deus nos proteja.

Baile da Independência na Pedra de Guaratiba

Banda formada pelos Melhores Músicos do bairro, dentre eles VALZINHO & NICANOR, JORJÃO e muitos outros convidados especiais.

Dia 7 de Setembro, 19:00 hrs. Local: Salão de Festas na Rua Belchior da Fonseca, 839 (fundos)

Entrada através da escadaria próxima a Banda da Pedra. Fica no acesso à antiga Igreja Evangélica, em cima da Loja de Móveis em frente a Loja do "Timbira"

| 06.09.2009 |Fonte: www.pedradeguaratiba.com.br

Homem mata quatro pessoas de sua família com golpes de machado.

Infelizmente aconteceu na Pedra de Guaratiba e foi notícia em todo Brasil.

Marco das sesmarias que pertenciam a Ordem do Carmo feito em 1629 ainda permanece na Ilha de Guaraqueçaba - "Ninho das Aves" em tupy guarani.

CEPAG identificou marco histórico na Pedra de Guaratiba e em 2007 recomendou seu tombamento ao IPHAM.

A Irmandade do Santíssimo Sacramento e a Ordem dos Carmelitas foram as maiores possuidoras das terras da Freguesia de Guaratiba da Corte do Rio de Janeiro. Parte destas terras originadas de doações, ratificadas desde o ano de 1628, foram alvos de contestações.

| 06.09.2009 |

CEPAG convida a todos para uma reunião pública.

CEPAG convida todos os cidadãos interessados em defender melhorias para Guaratiba para uma reunião a ter lugar no sábado, dia 12 de setembro, pelas 19h, na esquina da Rua Sapezal com a Rua Celidônia ao lado do Lava Jato, em Cinco Marias - Guaratiba, Tel.:33173218 / 3427 3403/ 86057855.

| 06.09.2009 |