PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

2012 Será o ano do juízo final? O que há de verdade e exagero nessa afirmação?

Como o ano 2000 passou sem que acontecesse o fim do mundo, a bola da vez agora é o ano de 2012.

A profecia Bíblica que dizia de mil passarás de dois mil não passarás - passou

Querendo ganhar um dinheirinho extra com filmes catastróficos, foi produzido nos Estados Unidos um filme com o título muito sugestivo: "2012 - O Dia do Juízo Final", deverá ser lançado aqui no Brasil ainda em 2009. Esse tema sensacionalista é um prato cheio para a mídia eletrônica e televisiva, que compraram a idéia e estão ganhando dinheiro a rodo com essa coisa de Armagedon em 2012.

Na verdade estão explorando as profecias relativas às transformações pelas quais a terra passará para entrar na nova era. Os produtores misturaram as profecias maias com as profecias bíblicas do novo testamento, temperando uma salada apocalíptica sem precedentes.

2012 ressurgiu com força total nas fofocas esotéricas por conta do fim do calendário Maia se dar exatamente neste ano. O calendário Maia é preciso, dividido em Eras. Segundo suas tradições, ao final de cada Era o mundo é destruído e recriado. A recriação do mundo na nossa Era atual se deu em 3114 A.C. e termina numa sexta, 21 de dezembro de 2012.

Essa data, não foi escolhida à toa. Nesse dia se dará um alinhamento astronômico muito raro, onde o Sol - no Solstício de inverno, que ocorrerá exatamente às 11:11 do horário universal (UTC) - estará alinhado com o centro da nossa galáxia na Via Láctea. Segundo os Maias, isto marcará o final da Era correspondente ao "Quinto Sol" e o começo de outro ciclo cósmico, chamado "Sexto Sol".

Segundo suas profecias, a causa física desse término é que o Sol receberia um raio oriundo do centro da galáxia e emitiria uma imensa "chama radioativa" que transmitiria a radiação a Terra e, conseqüentemente, a todo o sistema solar. Este evento acontece antes do começo de um novo ciclo cósmico. De acordo com eles, já ocorreram cinco ciclos de 5.125 anos, completando uma série de 25.625 anos, período muito próximo ao da "precessão dos equinócios", conhecido como "Ano Platônico" ou "Grande ano Egípcio", correspondente a um ciclo completo formado por 12 eras astrológicas (25.920 anos).

O que mais nos impressiona, é a precisão desses dados, realmente esse alinhamento acontecerá, mas como calcularam isso sem os aparelhos, computadores e instrumentos de medição sofisticados com os quais nós contamos hoje? Será que eles sabiam de alguma coisa que nós até hoje desconhecemos?

Entre o final de agosto e os primeiros dias de setembro de 1859, grandes auroras boreais puderam ser vistas no céu de vários pontos do planeta. O belo espetáculo de luzes esverdeadas foi documentado nos EUA, em partes da Europa, Japão, Austrália e até mesmo no México (!). E o telégrafo deixou de funcionar em vários desses lugares. Não se sabia o que era, mas descobriram logo: Era uma imensa tempestade solar - a maior já documentada. Foi quando se descobriu que elas podem ser belíssimas, mas comprometem os sistemas elétricos.

Em março de 1989, uma tempestade solar intensa afetou os canadenses da região de Quebec. A rede elétrica foi a pico e entrou em colapso. O blecaute durou nove horas e deixou sem energia mais de seis milhões de pessoas. Mais de seis mil satélites saíram de suas órbitas.

O fato é que várias tentativas de prever com exatidão as tempestades solares falharam. Mas há um indício inegável: as manchas solares desaparecem da superfície do Sol alguns anos antes do acontecimento. E isso aconteceu em 2006. Mausumi Dikpati, do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica (NCAR), prevê uma tempestade ainda maior do que a de 1989 (só perderá pra de 1859). E a data, segundo ele, é 2012.

| 15.03.2009 |Fonte: Parte do texto extraído do Site Saindo da Matrix

Edições Anteriores do Portal (Ano 2009)

02/01 09/01 16/01 23/01 01/02 08/02 15/02 22/02 01/03 08/03

Moradores reclamam dos buracos em Barra de Guaratiba.

Moradores da Rua Almirante Carlos Tinoco em Barra de Guaratiba reclamam das crateras abertas na rua. São tão profundas que danificam pneus. Na esquina da Chico Buarque existe um enorme buraco que se não for fechado vai provocar um acidente.

| 15.03.2009 |

Seu comentário é importante.

Nome
Email
Comentário
  

History Channel - Profecias Maias (Parte 1 de 5).