PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Avistamento de OVNIS em Guaratiba....

Avistamento estranho no morro suscitou pesquisa do assunto pelo Portal Guaratiba.

Nos idos de 1800, o morro de Barra de Guaratiba era chamado Montanha da Luz Caminhante.

Ao dirigirmos pela Estrada da Barra de Guaratiba à noite, uma pequena luz rápida e brilhante no alto da montanha nos chamou a atenção. Não podemos testemunhar nem afirmar que fosse um Objeto Voador Não Identificado (OVNI), entretanto este fato nos aguçou a curiosidade e efetuamos uma pesquisa sobre a incidência de OVNIS em Guaratiba e ficamos surpresos com os relatos de avistamentos na região.

O fato mais antigo e interessante que se tem notícia, ocorreu no século 19 em Barra de Guaratiba e deu origem ao título de um romance histórico de nosso escritor Guaratibano Francisco Alves Siqueira (Chiquinho). O título do romance: "A Montanha da Luz Caminhante" é baseado no fato histórico de que a Montanha de Barra de Guaratiba era conhecida por esse nome (Montanha da Luz Caminhante), devido aos frequentes avistamentos de uma luz que descia a montanha pelo seu lado esquerdo. Na página 42 do livro, o escritor sugere:

"Não é a toa que a montanha, para alguns, já é conhecida por Luz Caminhante. Agora, com mais uma a caminhar. É evidente que continuem transmitindo um espetáculo fenomenal aos que tiverem privilégio de vê-las. Mas não adianta, por curiosidade, postar-se em pontos estratégicos para observa-las porque talvez não as vejam.
Este fenômeno aparece quando menos se espera e para aqueles que se encontram a longa distância.
Aos que desejam desvendar tão importante mistério só resta velejar até o golfo, em noite escura, e aguardar com paciência o surgimento da Luz que Caminha na Montanha."

Em depoimento publicado no boletim "Ufo Roundup", na Internet encontramos o seguinte depoimento de um avistamento em Guaratiba:

"No dia 28 de março de 1999, um objeto que pode, ou não, ser o mesmo de Itu e de São Paulo, foi avistado por uma pessoa ( nome preservado, a seu pedido) que dirigia para a cidade de Guaratiba, Rio de Janeiro. O avistamento ocorreu por volta das 16h30: "Enquanto eu apreciava o cenário de pastos verdes e montanhas baixas, vi algo que brilhava. Era um objeto de cerca de 30 metros de largura, em forma de disco, com fundo chato, parte de cima redonda, de cor cinzenta ou prateada. Em cada lado havia luzes. Ele brilhou por cerca de 40 segundos. Estacionei o carro no acostamento e o observei desaparecer, como se estivesse desintegrando-se. Foi inesquecível".

Independentemente de se acreditar ou não em Discos Voadores, o fato é que na série "Infinito", da tevê argentina, o ex ministro Gilberto Gil e a cantora Gal Costa disseram que já tiveram contatos com alienígenas. Elba Ramalho deixou público que já carregou um microchip implantado em seu corpo, mais tarde retirado. Raul Seixas conheceu Paulo Coelho sob a visão de uma esquadrilha de discos voadores e Tom Cruise sempre diz que só os arrogantes acreditam que estamos sozinhos no universo.

O texto a seguir foi extraído do Site do Amaury Júnior :

"Ver discos voadores não é experiência rara para Fábio Jr. Já teve vários contatos. O último deles nos fundos de sua casa em Alphaville, São Paulo. O mais impressionante de todos, e que Fábio conta empolgado, aconteceu no Rio de Janeiro. Fábio voltava de uma gravação no Jardim Botânico em direção ao Recreio dos Bandeirantes quando sentiu uma forte pressão sobre seu carro, "algo difícil de explicar", parecido com uma pesada massa de ar que provocava a sensação de muito peso. Olhou para cima, atraído por intensos fachos de luz pela direita e esquerda e divisou, bem nítidas, duas naves de formato ovalado, muito próximas do carro. Ficou como que hipnotizado e, ao invés de medo, foi levado por um estranho impulso a tentar contato. Reduziu a marcha, começou a buzinar e piscar os faróis para acompanhá-los. Tudo não durou mais que cinco minutos. Quando se deu conta estava próximo a uma ponte que dá acesso à Pedra de Guaratiba, a pelo menos 18 quilômetros do exato ponto onde tudo começou. Olhou de novo para o céu a tempo de ver os dois objetos desaparecerem velozmente, deixando-o numa espécie de vácuo, falta de gravidade, uma sensação também difícil de explicar."

Agora é com você caro leitor, se também já viu alguma coisa estranha em Guaratiba envie um comentário ou um e-mail para o Portal relatando o fato, compartilhe conosco sua experiência.

| 16.01.2009 |

Edições Anteriores do Portal (Ano 2009)

02/01 09/01

Don Severo, poeta e escritor de Guaratiba, visita o Portal.

Esta semana, tivemos a grata surpresa de receber a visita de nosso poetinha.

Morador da Ilha de Guaratiba reclama do estado de abandono da Estrada da Ilha.

Estrada esburacada e falta de acostamento foram os motivos.

Seu comentário é importante.

Nome
Email
Comentário
  

2007 - Vencedora do IV Festival de música de Pedra de Guaratiba.