PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Festa de Nossa Senhora do Desterro em Pedra de Guaratiba.

Acontecerá no entorno da Igreja nos dias 14 e 15 de fevereiro (sábado e domingo)

Foto e texto de Ronaldo de Andrade Inácio

Na próxima semana, de 9 até 15 de fevereiro, será realizada uma das mais importantes festas do calendário turístico de Pedra de Guaratiba: a Festa de Nossa Senhora do desterro.

O Evento terá seu auge no Sábado (14) e Domingo (15) com procissão, missas e festa no entorno da igreja com barraquinhas que terão comida típica e tudo mais que a gente gosta e encontra nessas deliciosas festas de nossa querida igreja:

PROGRAMAÇÃO:

  • 09/02 (Seg.Feira) 18:00 hs.MIssa Comunitária / 19:00 hs.Primeiro dia do Tríduo c/participação de comunidades;
  • 10/02 (Terça) 19 hs. Segundo dia do Tríduo c/participação das comunidades;
  • 11/02 (Quarta) 19 hs. Terceiro dia do Tríduo c/participação das comunidades;
  • 12/02 (Quinta) 08 hs. Adoração ao Santíssimo terminando c/Missa às 18:00 hrs. e Benção do Santíssimo;
  • 13/02 (Sexta) 18:30 hs. MIssa Comunitária e em seguida Concerto de Música Clássica c/participação da Banda "A & B";
  • 14/02 (Sábado) 17:30 hs. PROCISSÃO de N.S.do Desterro pelas ruas ao redor da Capela, seguida de encenação / 19:30 hs.Missa e FESTA EXTERNA c/barraquinhas c/comida típica, doces, churrasco, angú a baiana, além de muita animação.
  • 15/02 (Domingo) 07:30 hs. MISSA DOMINICAL / 10:00 hs. MISSA para as crianças / 12:00 hs. ALMOÇO FESTIVO (no Salão Paroquial da Igreja de São Pedro) / 18:30 MISSA DOMINICAL da Tarde / Após, continuação da Festa Externa com muita alegria e diversas barracas com deliciosa comida típica e artigos.
  • No domingo 15/02, haverá Música ao Vivo no Restaurante Casa da Sardinha, a partir das 16:00 horas. O Show (que ocorre todos os domingos) é com os excepcionais cantores LADY SÚ e BHYRA SIMPATIA, considerado o mais carioca dos shows em cartaz!

    | 08.02.2009 | Fonte: www.pedradeguaratiba.com.br

    (Uezo) Centro Universitário da Zona Oeste.

    Universidade em Campo Grande empossa novo reitor e anuncia novos planos.

    A Zona Oeste, região da cidade do Rio de Janeiro que compreende 50% do território do município e 41 bairros ao todo, está na ordem do dia das discussões acerca do crescimento social e econômico. Numa área que abrange Campo Grande, Bangu, Realengo, Santa Cruz, Sepetiba, Guaratiba, Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Recreio dos Bandeirantes, Itanhangá, Vargem Grande e Vargem Pequena, é consenso entre políticos, estudiosos e especialistas que a melhoria dos serviços do município implica maiores investimentos. Um desses investimentos está sendo feito no Centro Universitário da Zona Oeste (Uezo), universidade inaugurada em 2005 em Campo Grande. Ainda desconhecida entre a maior parte da população da cidade, a Uezo cresce e aparece, preparando-se para formar sua primeira turma de alunos em agosto deste ano. No dia 5 de fevereiro (quinta-feira), em cerimônia realizada no Palácio da Guanabara, foi empossado o novo reitor da universidade, o médico e professor emérito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Roberto Soares de Moura.

    A solenidade contou com a presença do governador Sérgio Cabral; do vice-governador e secretário estadual de Obras, Luis Fernando Pezão; do secretário estadual de Ciência & Tecnologia, Alexandre Cardoso, além de diversas autoridades estaduais e municipais, reitores e professores de instituições de ensino e pesquisa de todo o estado. Soares de Moura assumiu a reitoria em substituição ao reitor interino, Roberto Boclin. A solenidade serviu ainda para anunciar diversas mudanças fundamentais. Antes vinculada à Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (Faetec), a Uezo agora passa a ter autonomia financeira para gerir seus recursos e estabelecer parcerias e convênios com outras instituições de ensino e pesquisa.

    Uma das metas estabelecidas é o investimento na formação de mão-de-obra nas seis áreas do setor tecnológico já existentes na universidade: construção naval, siderurgia, polímeros (plástico), fármacos, biotecnologia e computação. “Antes de ser empossado, quando havia sido nomeado para o cargo, procurei o comandante da Marinha do Brasil. Ele se mostrou extremamente receptivo em estabelecer uma parceria para formarmos mão-de-obra especializada a construção naval. Também entrei em contato com o diretor do Laboratório Farmacêutico Servier, que vai inaugurar uma nova fábrica em Jacarepaguá, para que nossos alunos possam sair formados e já com emprego no local”, explicou Soares de Moura.

    Já o reitor interino da Uezo, Roberto Boclin, recordou a história e vocação econômica da Zona Oeste, e destacou a pesquisa realizada pela economista Renata La Rovere, do Instituto de Economia da UFRJ, que traçou um panorama da economia do local. O trabalho, contemplado com o edital Pensa Rio, da FAPERJ, chama a atenção para algumas peculiaridades da região. “Segundo a economista, a Zona Oeste tem uma mão-de-obra de nível secundário altamente qualificada em relação ao resto da cidade: 45% dos jovens tem ensino médio completo contra 39% do Rio de Janeiro como um todo. Porém, quando vemos o nível superior, o resultado é bem abaixo do resto: 13,5% contra 26,1% em todo o Rio”, afirmou Boclin. “Antiga área agrícola, a região responde por 50% do total do município, com vários sitios, prédios e monumentos históricos importantes, com destaque para o potencial ecoturístico, abrangendo espaços que respondem pela maior cobertura de mata atlântica original do estado, como o maciço de Gericinó, a Serra do Mendanha e o Parque Estadual da Pedra Branca”, acrescentou.

    | 08.02.2009 |

    Morador reclama de barulho de Moto-Taxi em Barra de Guaratiba.

    Apesar de utilíssimas para a comunidade as motos estão fazendo muito ruído.

    Ola , fiquei pensando que com a sua ajuda poderíamos tentar diminuir o ruido de todas essas motos que estão com os escapamentos adulterados e usadas para moto taxi, carregar compras inclusive material de construçao passando o dia inteiro subindo morro, o que tira totalmente a paz do lugar, não se pode dormir, ver TV e nem falar pelo telefone direito. Era só de se pedir que quem estiver trabalhando com moto esteja com escapamento original ...daria uma melhora consideravel .....o que acha?"

    Este é o desabafo de um morador da Barra de Guaratiba que se sente incomodado com as motos subindo e descendo o morro com o escapamento aberto.

    Nós reconhecemos não só a necessidade desse serviço no Bairro, como também achamos que o mesmo oferece emprego e oportunidades aos nossos jovens.

    Entretanto, também reconhecemos o direito de cada cidadão de poder estar em sua casa, assistindo televisão, descansando ou falando ao telefone sem ter esse ruído forte de motor na sua porta.

    | 08.02.2009 |

    Secretaria Municipal de Transportes está indo contra a Constituição Federal.

    Moradores e hóspedes das pousadas, mesmo com contas de luz estão sendo impedidos de entrar na Barra de Guaratiba.

    A Constituição Federal de 1988, Título II, dos "Direitos e Garantias Fundamentais", o artigo 5 diz o seguinte:

    "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade".

    E no inciso XV do artigo: "é livre a locomoção no território em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens".

    Portanto, as autoridades estão agindo contra a Constituição Federal ,e, afirmamos que o bloqueio não impede que aqueles que por algum motivo conseguem entrar estacionem irregularmente sem nenhum impedimento ou punição.

    O que deve ser feito é deixar entrar, mas rebocar quem estiver estacionado irregularmente. E não só na rua principal mas em todas as ruas. Devem colocar uns tres reboques à disposição e rebocar todo mundo que estiver irregular.

    O que temos visto é o constrangimento de moradores, visitantes e parentes dos moradores e a bagunça de estacionar na rua continua.

    Motoristas alcoolizados colocam em risco a vida de motoristas e pedestres que passam pela Estrada da Barra. É quase suicídio ir em direção à Barra à tardinha nos sábados e domingos quando esses motoristas estão voltando da praia.

    Se a Secretaria realmente quer por ordem em nossa Barra de Guaratiba é só seguir a lei, porque hoje é terra sem lei, mas nós sabemos que isso dá trabalho...

    | 08.02.2009 |

    Cuidado! A Ilha de Guaratiba não é mais uma ilha de tranquilidade.

    Estão assaltando na Estrada da Ilha até de bicicleta.

    Em alguns locais da Ilha de Guaratiba estão sendo vendidos terrenos bem baratinhos. Nesses terrenos são construídas habitações precárias e posteriormente as lages dessas habitações são vendidas pelo preço do terreno, ou seja, o terreno ficou de graça.

    Parece até uma daquelas correntes em que todos ganham e ninguém mete a mão o bolso, acontece que esse processo é o processo normal de favelização de uma região.

    Nessas comunidades, formadas por trabalhadores e pais de família que buscam as condições necessárias para criar seus filhos, pois o Estado, ausente, não lhes facilita a aquisição de moradias, infiltram-se disfarçadamente marginais que migram de outras regiões do Rio.

    Malandros formados com doutorado em assaltar senhoras indefesas e adolescentes, descobriram que aqui em Guaratiba têm presas fáceis, dessa forma espalhando o medo entre os moradores.

    O Portal espera que nossa polícia, ciente do que vem acontecendo na região intensifique o patrulhamento para ver se consegue erradicar essa praga antes que se alastre.

    | 08.02.2009 |

    Polícia de Chipre acha Bíblia antiga escrita na ´língua de Jesus´.

    Volume está escrito em siríaco, dialeto do aramaico falado por Cristo. Autoridades dizem que artefato pode ter 2.000 anos.

    Autoridades do norte do Chipre, região controlada pela etnia turca, afirmam ter apreendido uma Bíblia que poderia ter quase 2.000 anos após uma investigação contra traficantes de antiguidades. O códice está escrito em siríaco, dialeto aparentado ao aramaico falado por Jesus e pelos judeus da Palestina no século I de nossa era. A obra ainda precisa ser avaliada em detalhes por especialistas, mas alguns pesquisadores que tiveram acesso a fotos avaliam que a tinta dourada e a caligrafia sugerem uma idade mais recente, da Idade Média em diante.

    | 08.02.2009|