PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Embrapa em Guaratiba desenvolve projeto de incentivo a produção de alimentos.

A ciência já indicou que uma alimentação mais rica em fibras, vitaminas e sais minerais colabora para a prevenção de doenças como diabetes, obesidade e problemas cardiovasculares. O incentivo ao consumo de frutas e hortaliças vai ao encontro das Metas do Milênio, firmadas pela ONU em 2000, cujo objetivo é reduzir à metade os índices de pobreza e fome até 2015. A nutrição é a base para alavancar as outras metas que dizem respeito a educação, igualdade de gêneros, saúde, meio ambiente e desenvolvimento.

Há dois anos, a Embrapa Agroindústria de Alimentos lidera um projeto de incentivo ao consumo de frutas, hortaliças e verduras (FLV) nos bairros de Guaratiba, Campo Grande e Santa Cruz, na zona oeste do Rio. As ações envolvem o incentivo a produção de alimentos em pequenas hortas escolares e familiares, orientação alimentar, oficinas de sensibilização de agentes de saúde, professores e pequenos comerciantes, distribuição de material informativo e mobilização das comunidades em datas especiais como Dia Mundial da Alimentação, da Saúde e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

A ideia é integrar as ações que levem a uma alimentação mais saudável, estreitando laços na comunidade e disseminando práticas sustentáveis. Esta iniciativa conta com a parceria da prefeitura, as universidades estadual e federal do Rio de Janeiro, Inca, Fundação Xuxa Meneghel, Pastoral da Criança e a Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa (AS-PTA).

"A diretoria da Embrapa considerou oportuno aumentar o escopo desse projeto e, por isso, estamos convidando outras instituições para um debate que leve à construção de um programa nacional", explicou Regina Lago, chefe-geral da Embrapa Agroindústria de Alimentos. O programa poderá abranger ações de pesquisa, desenvolvimento, transferência de tecnologia, comunicação e marketing.

| 15.03.2009 | Fonte: Embrapa Agroindústria de Alimentos - Soraya Pereira - Jornalista

Justiça condena dez pessoas por participação em milícia.

Numa decisão histórica, a juíza Alessandra de Araújo Bilac Moreira Pinto, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, condenou dez pessoas por formação de quadrilha.

Elas seriam integrantes da milícia conhecida como Liga da Justiça, que atua na região. Entre os condenados estão o ex-deputado Natalino José Guimarães e seu irmão, o ex-vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho. Ainda cabe recurso da decisão.

Segundo o Ministério Público estadual, essa é a primeira decisão que condena uma milícia no Brasil. Além dos dois foram condenados o filho de Jerominho, Luciano Guinâncio Guimarães, a nove anos de prisão; o ex-policial Ricardo Teixeira Cruz, o Batman, que está foragido depois de escapar do presídio de Bangu 8 pela porta da frente em outubro ao ano passado, a 9 anos e 4 meses; Leandro Paixão Viegas, a 9 anos e 4 meses; André Luiz da Silva Malvar, a 8 anos e 4 meses; Julio César Oliveira dos Santos, a 8 anos e 4 meses; e Gladson dos Santos Gonçalves, Fábio Pereira de Oliveira e Alcemir Silva a 8 anos cada.

Na sentença, dada na terça-feira (10), Bilac afirma que, conforme provado pelo Ministério Público, "os acusados associaram-se em quadrilha armada de forma estável e permanente, para o fim de praticar crimes, alguns de natureza hedionda (homicídios qualificados) implantando na Zona Oeste de nosso Estado um verdadeiro poder paralelo, por alguns denominado de milícia, desafiando as autoridades regularmente constituídas".

O processo cita pelo menos sete casos em que pessoas foram perseguidas, feridas, sequestradas e, depois, desapareceram ou foram mortas.

No documento, a magistrada diz ainda que a quadrilha "exigia de moradores de Campo Grande e redondezas o pagamento de regular contribuição em dinheiro com o pretexto de protegê-los da ação de criminosos, procedendo da mesma forma com os motoristas e cooperativados do transporte alternativo de passageiros, dos quais costumavam exigir ?diárias? a fim de que lhes fosse permitido trabalhar, não hesitando em cometer crimes de extorsão, sequestros e até mesmo homicídios quando seus interesses eram contrariados".

Acusados de chefiar o grupo, a juíza ressalta que Natalino e Jerominho além de dirigirem as ações dos demais integrantes, ?participavam pessoalmente da execução de alguns dos delitos cometidos pelo bando". A sentença afirma também que a quadrilha explorava a venda de gás e de TV a cabo pirata, conhecida como "gatonet", nos bairros de Campo Grande, Guaratiba, Paciência, Cosmos e Santa Cruz.

| 15.03.2009 |Fonte: Gazeta Online

CEPAZO-Centro de Educação e Preservação Ambiental da Zona Oeste.

O objetivo do Portal Guaratiba é divulgar ações socio ambientais que possam contribuir com o desenvolvimento de Guaratiba, assim qualquer Associação ou grupo que nos apresente um projeto nesse sentido iremos dar nosso apoio.

Recebemos um Email do Rafael, Diretor de Relações Públicas da ONG, informando que a CEPAZO é formada principalmente por professores de Guaratiba que têm como objetivo promover a mobilização e conscientização ambiental em escolas,empresas e comunidades.

Informa ainda que estão desenvolvendo vários projetos, e nós estamos aguardando notícias sobre as atividades da ONG. Parabéns, sucesso e contem conosco.

| 15.03.2009 |

Camelô acusado de assassinar concunhado é preso em Guaratiba.

O camelô Carlos Henrique da Silva Cabral, 38 anos, foi preso, nesta quinta-feira, por policiais da 43ª DP (Guaratiba), acusado ter assassinado o aposentado Itamires Tavares, 47 anos, companheiro de sua cunhada. O crime aconteceu em 2005, na Avenida Campo Mourão, Jardim Maravilha, em Guaratiba.

De acordo com os agentes, o crime foi motivado por uma briga de família envolvendo um imóvel onde a vítima residia. Carlos Henrique chegava à casa da namorada, no centro daquele bairro, quando foi surpreendido pelos policiais que já o investigavam há mais de dois meses.

Contra o acusado, havia dois mandados de prisão expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Campo Grande. Os policiais estão apresentando o suspeito na delegacia. Em seguida, ele será encaminhado para a carceragem da Polinter.

| 15.03.2009 |

Governador Sergio Cabral está comprando um novo helicóptero.

O Governador Sergio Cabral está comprando um novo helicóptero para seus deslocamentos pelo estado do Rio de Janeiro que se somará aos outros dois que o Governo já possui. O helicópetro da empresa Eurocopter custará a bagatela de US$ 5,5 milhões, R$ 13 milhões, uma bagatela!

Como todos sabem o trânsito hoje no Rio e especialmente para a Costa Verde é forte e além disso o Governador não pode fazer feio com os vizinhos de sua casa em Angra por isso a necessária troca de helicóptero. E claro, pode vir com o interior feito pela grife Hérmes. Os fluminenses pagarão felizes.

Mas certamente ficaríamos mais felizes se este dinheiro gasto com algo supérfluo, pudesse ser investido em melhorias dos hospitais do Estado.

Bem sabemos que este dinheiro é pouco para os enormes recursos necessários a saúde no Estado, mas é economizando palitinhos que se faz uma fogueira.

| 15.03.2009 |

Cientistas identificam enzima responsável pelo alastramento do câncer.

Cientistas britânicos afirmam ter descoberto a enzima responsável pelo alastramento das células cancerígenas, um processo conhecido como metástase.

Em um estudo publicado na revista científica Cancer Cell, os pesquisadores afirmam que a enzima chamada LOX é crucial na evolução da metástase, que ocorre quando o câncer se espalha para outras partes do corpo.

Em muitos casos de câncer, não é o tumor inicial que mata - o perigo está nas células que viajam para outras partes do corpo - um processo responsável por 90% das mortes relacionadas à doença.

O estudo indica que a LOX atua enviando sinais para preparar a área do corpo que será atingida pelas células cancerígenas. Segundo os cientistas, sem este processo de preparação, o ambiente pode ser muito hostil para possibilitar o crescimento do câncer.

Os pesquisadores do Instituto de Pesquisas do Câncer analisaram o processo em camundongos, mas estão confiantes de que as descobertas poderão ser aplicadas em humanos com diversos tipos de câncer.

De acordo com Janine Erler, responsável pelo estudo, a descoberta é "a peça chave que estava faltando do quebra-cabeças".

Erler afirma que se trata da primeira vez que uma enzima é identificada como responsável pelo alastramento da doença e a descoberta pode ajudar no tratamento do câncer.

"Se conseguirmos interromper a habilidade do corpo em preparar novas áreas para a chegada das células cancerígenas, podemos prevenir a metástase com eficácia", disse ela.

"É bastante difícil tratar a metástase do câncer e a nova descoberta oferece uma esperança real para o desenvolvimento de uma droga que possa combater a propagação da doença", afirmou.

Para Julie Sharp, diretora de informação da ONG britânica Cancer Research, que fomenta a pesquisa sobre a doença, a melhor compreensão sobre o processo de alastramento do câncer é crucial para aprimorar o tratamento contra doença.

"Essa pesquisa aproxima os cientistas do entendimento deste problema enorme. O próximo passo será descobrir como a enzima LOX pode ser desativada para impedir o alastramento da doença", disse Sharp.

| 15.03.2009 | Fonte: