PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Inaugurada a Sala de Projeção Monteiro Lobato no Núcleo de Cidadania no Retiro, na Ilha de Guaratiba.

O Núcleo de Cidadania é mantido pelo Movimento Fé e Amor.

A recém-inaugurada sala exibiu, no mês de maio, o filme "Meu nome é Rádio" com o grupo III, que atende a participantes entre 09 e 12 anos. Baseado em fatos reais, o filme conta a história de um jovem portador de necessidades especiais, suas alegrias, dificuldades e conquistas. Após a exibição, houve debate sobre o preconceito contra quem é diferente.

A Sala de Vídeo Monteiro Lobato inaugurada em maio.

A escolha do nome da sala de vídeo - Monteiro Lobato - mobilizou as crianças e adolescentes do Núcleo! Após aprenderem mais sobre a vida do escritor, eles fizeram personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo com material reciclado.

O Núcleo de Cidadania no retiro em Ilha de Guaratiba, conta ainda com uma Oficina de Leitura, aulas de artesanato, oficina de arte, aulas de capoeira e núcleo de informática.

Em maio, o Projeto desenvolveu importantes ações em parceria com o Posto de Saúde de Ilha de Guaratiba que beneficiaram à população local com Vacinação, Troupe da Saúde e Saúde Bucal.

| 20.06.2009 |

Não adianta forçar a barra!

Essa expressão tão usada está ligada à história de Guaratiba

Plan de la Baye de Rio-Janeiro et de sous defenses, Leveux, ano 1757
(localização e plantas das fortificações da Baía de Guanabara)

No século 18, o embarque do ouro de Minas Gerais para a Europa pelo Porto do Rio de Janeiro atraiu a cobiça de piratas e corsários. Os franceses, que jamais se conformaram com a sua expulsão por Estácio de Sá 150 anos antes, resolveram voltar e saquear o Rio.

Era setembro de 1710 quando Jean François Duclerc, comandando seis navios e cerca de 1.200 homens, apontou na entrada da Baía de Guanabara usando bandeiras inglesas como disfarce. Não deu certo, porque espiões portugueses na França já haviam alertado as autoridades cariocas sobre a vinda do corsário francês.

Sob intenso bombardeio das baterias de Santa Cruz e São João, a esquadra francesa teve que recuar e tomou o caminho da Ilha Grande, onde aproveitou para saquear fazendas e engenhos. Dali, os navios se dirigiram à Guaratiba e desembarcaram as tropas, que foram à pé em direção ao centro da cidade. Passaram por Camorim, Jacarepaguá, Engenho Novo e Engenho Velho dos jesuítas (Tijuca), onde descansaram.

Seguindo pelo Mangue, morros de Santa Teresa e Santo Antônio, Lagoa do Boqueirão, ruas da Ajuda e São José, chegaram ao Largo do Carmo (Praça XV), onde foram surpreendidos e derrotados pelas forças de resistência cariocas, com cerca de 400 franceses mortos. Duclerc foi confinado em prisão domiciliar na Rua da Quitanda e assassinado misteriosamente por um grupo de encapuzados meses depois.

A população festejou a vitória durante dias, e o sistema de defesa da cidade passou a constituir o orgulho das autoridades do Rio de Janeiro. Pelas ruas, todo mundo comentava que depois desse episódio os estrangeiros jamais voltariam a forçar a entrada da barra da Baía de Guanabara.

E daí surgiu a expressão que quase 300 anos depois ainda é usada por todos os brasileiros: "forçar a barra"!

| 20.06.2009 |

Elza Monnerat vira nome de rua em Guaratiba .

Foto oficial das Forças Armadas de Elza Monerat

Para a presidente do PCdoB/RJ, Ana Rocha, “é uma justa homenagem para Elza, que sempre foi uma lutadora das causas democráticas. Elza teve uma presença marcante para o povo do Rio, atuou nas campanhas em defesa do petróleo, pela anistia e a redemocratização do País. Seja na Guerrilha do Araguaia ou nas ruas do Rio de Janeiro, Elza nunca arriou a bandeira da democracia e em defesa do povo”.

O decreto foi assinado no dia 16 e publicado no Diário Oficial da cidade do Rio no dia seguinte. “Art. 1.º Fica reconhecido como logradouro público da Cidade do Rio de Janeiro, de acordo com o Decreto 5625, de 27 de dezembro de 1985, com denominação oficial aprovada de Rua Elza Monnerat (militante política), o logradouro antes conhecido como Rua Mario Mesquita, que começa na Rua Góes e Vasconcelos, lado par, 200m depois da Estrada do Marmeleiro, e termina com 227m de extensão”.

Militante comunista e autêntica revolucionária

Falecida com 91 anos de idade, Elza Monnerat foi por mais de meio século uma abnegada militante e dirigente comunista. Nasceu e viveu até o início da juventude na região serrana do Rio de Janeiro, no município de Sapucaia.

No início dos anos 1930, mudou-se para Niterói. Estudou e se tornou professora primária. Tempos depois, em 1939, por concurso, passou a ser funcionária pública.

Em 1942, participou no Rio de Janeiro das jornadas contra o nazifacismo e a Ditadura Vargas.

Em 18 de abril de 1945, se filia ao Partido Comunista do Brasil. Em fevereiro de 1962 participou da Conferência Extraordinária que garantiu ao Partido Comunista do Brasil sua continuidade na trilha revolucionária. Nesta Conferência foi eleita para o Comitê Central e passou a atuar com João Amazonas, Maurício Grabois, Pedro Pomar, Carlos Danielli, entre outras destacadas lideranças comunistas.

Após o golpe militar de 64, Elza passou a organizar a Guerrilha do Araguaia, onde se chamava Dona Maria, sendo uma das primeiras a chegar no sul do Pará. Elza ajudou a escolher a área que seria o cenário do conflito e foi uma das responsáveis pelo deslocamento dos militantes das cidades à região do Araguaia.

| 20.06.2009 |

Cedae flagra quatro ligações clandestinas de água em Guaratiba.

Policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e técnicos da Assessoria de Segurança Empresarial da Nova Cedae encontraram nesta terça-feira (16/6) quatro ligações clandestinas em Guaratiba. Elas abasteciam três estabelecimentos que não possuíam matrícula na companhia de água.

Na operação, batizada de "Gato Gordo", foram encontradas duas tubulações irregulares, de 3/4 e de meia polegada de diâmetro, abastecendo a Academia Estação do Corpo, na Travessa Macedo 9. Na Estrada do Magarça foram localizadas duas ligações clandestinas de meia polegada que abasteciam um comércio varejista de gás (no número 3693-A) e um depósito de bebidas (3699).

O furto de água é crime previsto no Código Penal. Os proprietários dos estabelecimentos foram conduzidos à DDSD para prestar esclarecimentos.

| 20.06.2009 |Fonte:

Ação Social Vida Feliz.

Estará sendo realizada no dia 25 de junho, quinta-feira, de 8 às 12 horas, na Igreja de Santana, no Largo da Ilha de Guaratiba, uma ação social onde serão oferecidos serviços gratuitos de saúde e outros, conforme a seguir:

Atendimentos médicos, exame de audição, teste de glicose, medição da pressão arterial, acuidade visual (com encaminhamentos para cirurgia de catarata)

Aplicação de fluor com técnica de escovação, IMC (por estudantes do curso de nutrição), registro e vacinação animal (caes e gatos).

Estará presente o Grupo familiar AL-ANON que atende familiares de alcoólicos.

Corte de cabelos (à máquina), Carteira de doador de orgaos e tecidos, inscrição para curso gratuito básico de informatica, requerimento de inscrição para curso de montagem de computador (a partir de 13 anos) - 15 bolsas integrais.

Repelente natural (Pastoral da Criança, mudas de plantas.

Em parceria com as seguintes instituições:

Associação de Diabeticos - ADIJAL, Lions Clube, Centro Auditito Telex, Movimento Fé e Amor, Faculdade Bezerra de Araújo, Paróquia Salvador do Mundo, Grupo AL-ANON, Núcleo de Defesa Civil de Guaratiba, 14ª Inspetoria da Guarda Municipal, Big Lac Industria de Laticinios, Instituto Rede Ação, Instituto Rio, Fundação Leão XIII, PS Dr. Raul Barroso / PSF Ilha de Guaratiba, Secretaria de Recuperação Ambiental, Legião de Maria, Pastoral da Criança, 26ª Região Administrativa, Vereador Luiz Carlos Ramos.

| 20.06.2009 |

Festa Junina dia 30/6 no Ciep Roberto Burle Marx, e outras de fácil acesso.

MARINA BARRA CLUBE: 27 e 28 de junho, das 16h às 23h. O ingresso é R$ 8 para sócios e R$ 12 para não-sócios. Crianças pagam meia entrada. Na Estrada da Barra 777, ao lado da Ilha dos Pescadores. Telefone: 2494-2121.

DOWNTOWN: (corrigido em 17 de junho)) 26, 27 e 28 de junho e nos dias 3, 4, 5, 10, 11 e 12 de julho. Às sextas é sempre das 17h às 2h, e aos sábados e domingos, das 17h à meia-noite. Com entrada franca. Avenida das Américas 500. Telefone: 2494-7072.

BOM SUJEITO: Todas as sextas e sábados de junho, a casa receberá, além dos tradicionais grupos de samba, uma banda de forró para animar o salão. Os ingressos custam R$ 16 às sextas e R$ 18 aos sábados. A partir das 21h30m. Na Estrada da Barra 18, sobrado, Barrinha. Telefone: 2491-8955.

KAÇUÁ: dia 26, a partir das 22h. O couvert artístico custa R$ 12. Na Rua Senador Rui Carneiro 220, Recreio. Telefone: 2490-2607.

RETIRO DOS ARTISTAS: dias 2, 3, 4 e 5 de julho, a partir das 18h. Estão confirmadas as presenças de Alexandre Pires, Alcione, Elymar Santos e Latino entre as atrações. O ingresso custa R$ 15. Rua Retiro dos Artistas 571, Pechincha. Telefone: 3382-3730.

CENTER SHOPPING: O shopping promove no próximo domingo um evento infantil para celebrar o dia de São João, com brincadeiras, correio da amizade, corrida do saco e tudo o mais. A partir das 17h, na Praça de Alimentação, localizada no 2 piso. Avenida Geremário Dantas 404, Jacarepaguá. Telefone: 3312-5001.

NEW YORK CITY CENTER: dias 20 e 21, das 16h às 20h, com barracas típicas, correio do amor, corrida no saco, ovo na colher, etc. À 19h, em ambos os dias, haverá show de forró com Chico Salles no palco de eventos. Avenida das Américas 5.000. Telefone: 4003-4131. Entrada franca.

RIO DESIGN BARRA: Todos os domingos deste mês, das 17h às 19h, oferecerá oficinas de customização de caipiras e de gastronomia e brincadeiras típicas. No dia 28, rola um arraial para os pequerruchos. Na Avenida das Américas 7.777. Telefone: 2430-3024. Entrada franca.

| 20.06.2009 |