PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Rio poderá ganhar ecoresorts em áreas de preservação tais como Grumari e Sepetiba.

Foto Ilustrativa

A Prefeitura do Rio de Janeiro vai encaminhar um projeto de lei à Câmara dos Vereadores para que seja autorizada a construção de ecoresorts nas áreas de proteção ambiental de Marapendi, Grumari e Sepetiba. Segundo o secretário de Turismo do Rio, Antônio Pedro Figueira e Mello, só faltam ser fechados alguns detalhes com a Secretaria de Urbanismo.

“Precisamos aumentar a nossa capacidade hoteleira para a Copa de 2014 e para uma possível Olimpíada em 2016. Temos uma área maravilhosa, quase uma ´Cancun brasileira`, que não pode deixar de ser aproveitada”, disse Melo, garantindo que toda a questão ambiental será avaliada e respeitada. Ainda não há uma data definida para a conclusão do projeto e posterior envio à Câmara dos Vereadores.

Não estamos aqui para julgar nem para avaliar a iniciativa, entretanto fica a pergunta: Como essa ocupação irá ajudar à comunidade ou o município? Será que a desculpa utilizada para essa aprovação de que irão ser acrescentados leitos para a Copa e para a Olimpíada não é uma desculpa esfarrapada? Esse tipo de instalação será imprescindível durante a Copa?

Temos talvez uma proposta melhor para os Srs. Vereadores. Que tal viabilizar o Polo Turístico de Guaratiba através do incentivo, capacitação de pessoal, facilitação para implantação de empreendimentos na área, instalação de equipamentos urbanos e transporte, aprovação de projetos de saneamento e urbanísticos que possibilitem florescer uma bem consolidada indústria turística na região.

Porque ocupar áreas de preservação ambiental quando já existem áreas de baixada degradadas com possibilidades melhores de adaptação para o ecoturismo inclusive com criação de marinas para barcos e lanchas, alguns recursos já instalados e população local para ocupação fácil dos postos de trabalho a serem criados.

| 27.07.2009 |

Participe do Concurso SOS Mata Atlântica de Fotografia.

A participação no Concurso SOS Mata Atlântica de Fotografia é gratuita e aberta a qualquer pessoa residente no território nacional, inclusive menores de 18 anos, desde que autorizados por escrito e responsabilizados pelos pais ou responsáveis.

Cada participante poderá inscrever até quatro fotografias. Elas deverão ser ampliadas na medida de 20X30 cm ou superior em papel fotográfico fosco ou brilhante. No verso de cada foto deverá ser colocada uma etiqueta adesiva com as informações da foto (Título,local,cidade,estado e data).

O período de inscrição vai até 21 de setembro, valendo a data de carimbo dos correios. É necessário o preenchimento de uma ficha de inscrição que pode ser conseguida no site SOS Mata Atlântica, onde também poderá ser encontrado o regulamento do concurso.

O concurso tem o patrocínio da Fundação Toyota e chega a sua quinta edição com uma novidade: serão premiados trabalhos feitos por usuários de câmeras compactas e por usuários avançados em categorias diferentes. Os 30 primeiros colocados terão suas fotos publicadas na Agenda SOS Mata Atlântica 2010, além de prêmios especiais para os cinco escolhidos em cada categoria.

| 27.07.2009 | Site do concurso

I Encontro Intercomunitário de Guaratiba

Unicef pretende atuar em Guaratiba através do projeto Plataforma de Centros Urbanos.

A Plataforma dos Centros Urbanos contribui para que todas as crianças e todos os adolescentes das cidades possam crescer e se desenvolver com saúde, aprender mais, ter acesso à cultura, se divertir, praticar esportes e estar sempre protegidos contra qualquer tipo de violência. Ou seja, busca garantir que meninos e meninas que vivem nas comunidades populares dos centros urbanos tenham todos seus direitos realizados, de acordo com o previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Dessa maneira, a Plataforma espera reduzir as desigualdades entre quem mora nessas comunidades e quem vive em outras regiões da cidade.

Em Guaratiba o GAL (Grupo de Articuladores Locais) tomou a si a responsabilidade de organizar as atividades da Plataforma com a ajuda de todas as pessoas que conseguir mobilizar e com o apoio do UNICEF e de seus parceiros. O grupo é formado por organizações sociais, conselhos, escolas, creches, orgãos públicos e indivíduos que estão comprometidos com a garantia dos direitos das crianças e adolescentes e suas famílias.

Segundo o Blog Vontade e Atitude atualmente fazem parte do GAL as seguintes entidades:

  • CEPAG - Centro de Estudos Pesquisas e Açoes de Guaratiba
  • Pastoral da Criança
  • Associação de Moradores do Piraquê
  • Conselho Tutelar
  • CRAS de Guaratiba
  • E. M. Prof. Elisa Joaquina Daltro Peixoto
  • E. M. Deborah Mendes e Moraes
  • Grupo Unindo Forças da Ilha de Guaratiba
  • Esses oito Grupos Articuladores Locais (GAL) de Guaratiba reuniram-se no dia 25 de julho no auditório da Fazenda Modelo para realizar o I Encontro Intercomunitário de Guaratiba, com o ojetivo de mobilizar mais pessoas para o trabalho da PLATAFORMA DOS CENTROS URBANOS.

    | 27.07.2009 |Site da UNICEF

    Católicos comemoram dia de Santana.

    Santa Ana é a padroeira da Igreja no Largo da Ilha.

    Neste domingo, 26 de julho, é o dia em que celebramos o Dia dos Avós, a Igreja Católica comemora o dia de Santa Ana e São Joaquim, os pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

    “Essa associação entre a data em que se comemora o Dia dos Avós e o dia dos avós de Jesus foi uma coisa natural, popular, não proposta pela Igreja”, afirmou o padre Gustavo Haas, assessor de liturgia da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

    Domingo de manhã os moradores da Ilha de Guaratiba acordaram com muitos fogos de artifício em comemoração ao dia de sua Santa Padroeira

    A Igreja da Ilha de Guaratiba esteve em festa nesse dia para comemorar o dia da Santa que foi a avó de Jesus.

    Na Sagrada Escritura conta-se que a mãe de Samuel, Ana, na aflição da esterelidade que lhe tirava o privilégio da maternidade, dirigiu-se com fervorosa oração ao Senhor e fez promessa de consagrar ao serviço de Deus o futuro filho. Obtida a graça, após ter dado à luz o pequeno Samuel, levou-o a Silo, onde estava guardada a arca da aliança e o confiou ao sacerdote Eli, após tê-lo oferecido ao Senhor. Tomando isso como ponto de partida o Proto-evangelho de Tiago, apócrifo do século segundo, traça a história de Joaquim e Ana, pais da Bem-aventurada Virgem Maria. A piedosa esposa de Joaquim, após longa esterelidade obteve do Senhor o nascimento de Maria, que aos três anos levou ao Templo, deixando-a ao serviço divino, cumprindo o voto feito.

    Entenda-se como documento apócrifo aquele que não foi oficialmente reconhecido pela Igreja.

    | 27.07.2009 |Fonte: Ieda e Cid Thomé por email.

    Plano Diretor proposto por Eduardo Paes prevê área de ocupação "Condicionada" para Guaratiba.

    O novo Plano Diretor tem como grande proposta a divisão da capital fluminense em quatro macrozonas, onde os investimentos e os projetos terão ações específicas, conforme o perfil de cada região.

    Macrozona Incentivada - engloba a Zona Norte do Rio, parte de Jacarepaguá e as regiões da Grande Tijuca, Grande Méier e a Cidade Nova, as propostas formuladas têm o objetivo de estimular o adensamento populacional com novos empreendimentos imobiliários, o incremento das atividades econômicas e a construção de equipamentos de grande porte. A Prefeitura já iniciou o trabalho para esta área com a aprovação da chamada Lei dos Call Centers, que dá incentivos fiscais a empresas de telemarketing que se instalarem na Zona Norte.

    Macrozona Assistida - engloba parte da Zona Oeste (regiões dos bairros de Campo Grande, Santa Cruz, Bangu e Sepetiba), as ações pretendidas tem a finalidade de incentivar a urbanização e as atividades econômicas, bem como as obras de infraestrutura e a preservação ambiental.

    Macrozona Controlada - são os bairros do Centro e da Zona Sul, áreas onde a urbanização, de acordo com a secretaria municipal de Urbanismo, já se encontra próxima da saturação, exigindo do Plano Diretor propostas que incentivem o controle do adensamento e até a reconversão das edificações existentes.

    Macrozona Condicionada - seria toda a região da Barra da Tijuca, a outra parte de Jacarepaguá, a área de Guaratiba e as vargens. Neste local da Zona Oeste da cidade, onde a proteção ambiental é frágil e a infraestrutura é considerada insuficiente. Porém, a iniciativa privada demonstra interesse em investir recursos na localidade. Assim, o Plano prevê metas que vão condicionar o adensamento urbano à estrutura já existente e também à necessidade de preservação ambiental, com a possibilidade de parcerias com empresas para esses investimentos.

    Ao final da audiência, o secretário municipal de Urbanismo, Sérgio Dias, destacou que o Plano Diretor não representa o fim de um processo, mas sim o início de uma discussão permanente a respeito das necessidades da cidade como um todo e de cada região em particular, articulando Legislativo, Executivo e a própria população, que pode e deve participar.

    "Por isso, nossa preocupação é aprovar um Plano Diretor com uma leitura fácil de ser entendida não apenas pelos vereadores, mas também pela população", esclareceu o secretário. Ele lembrou ainda que o próprio Estatuto das Cidades prevê revisões decenais do Plano Diretor de uma cidade.

    A partir da entrega do texto do novo plano, a comissão do Plano Diretor na Câmara Municipal realizará uma série de encontros e audiências públicas para analisar cada detalhe proposto e dar um parecer final. Em seguida o plano segue para votação no Plenário da Câmara.

    | 27.07.2009 |Leia mais sobre o assunto no Globo

    Pesquisadores da Embrapa de Guaratiba alertam que consumo de frutas e hortaliças diminui risco de doenças.

    Pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos de Guaratiba querem estimular no brasileiro o hábito de comer frutas e hortaliças que, atualmente, está muito abaixo do total recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 400 gramas por pessoa, no mínimo, por dia. O consumo médio por brasileiro é de apenas um terço dessa quantidade recomendada pela entidade.

    Para isso, a Embrapa Agroindústria de Alimentos desenvolveu um projeto de promoção do consumo de frutas, legumes e hortaliças (FLV). A coordenadora do projeto, Virginia Matta, informou que o projeto pretende estimular o consumo desses alimentos por meio da distribuição de livretos educativos, em uma ação que abrange as famílias, escolas e creches, pontos de venda e empresas. Inicialmente, a ação será desenvolvida em Guaratiba

    O projeto “Construção de uma estratégia de intervenção em nível local para a promoção do consumo de frutas, legumes e verduras (FLV)” engloba três livretos, que são dirigidos aos professores, agentes de saúde e gestores escolares. Uma das dicas apresentadas é substituir no consumo de sopas, no dia a dia, parte da batata, inhame e aipim por chuchu, cenoura, couve e abobrinha. Os pesquisadores sugerem também que se reduza a quantidade de sal e de temperos prontos nos alimentos, trocando-os por limão e ervas, entre as quais a salsa, cebolinha, manjericão e orégano.

    | 27.07.2009 |