PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Servindo à comunidade

Divulgando as notícias

Pedra de Guaratiba
Barra de Guaratiba
Ilha de Guaratiba

Notícias de Guaratiba

Banco de Currículos do CEPAG já recolocou dezenas de pessoas.

"O Projeto Banco de Currículum é resultado de um dos debates internos do CEPAG que foi canalizado para a Câmara Temática de Desenvolvimento Econômico amadurecer. Apesar de estar no início, já enxergamos a sua importância no processo de aproveitamento da mão de obra local pelas empresas aqui instaladas.

"Infelizmente não temos como garantir o emprego, mas estamos ao menos diminuindo o custo na sua procura. Aumentamos a auto-estima de muitas pessoas, que mesmo não tendo essa garantia já se permite ter confiança em seus atos e nos seus pensamentos, descobrimos que há muita gente aqui capaz de exercer as mais diversas e complexas atividades país afora, vários trabalhadores já conseguiram uma recolocação; de Engenheiro a doméstica. Prova de que funciona e dá certo este projeto.

"É fato que por sermos totalmente voluntários, em determinados momentos, não conseguimos responder as demandas das pessoas que procuram por uma recolocação ou o primeiro emprego. Pois, Para mantermos este projeto vivo dependemos dos plantões voluntários, pois diariamente temos que telefonar às agências de emprego, para as empresas e comércios locais, para as Associações comerciais e industriais espalhados no Rio de Janeiro, acesso a Internet diariamente, digitalizar e organizar os currículos e muitos outros contatos.

| 28.12.2009 | Fonte: CEPAG por email - Visite o Site do CEPAG

BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

Reveillon da Prefeitura em Pedra de Guaratiba e Sepetiba é em verdade um presente de grego.

Ronaldo Inácio denuncia o engodo da Prefeitura.

Texto: Ronaldo Inácio

A realização de Reveillon pela Prefeitura em Pedra de Guaratiba e Sepetiba é em verdade um presente de grego, pelo menos para moradores de Pedra de Guaratatiba.

A história começou há cerca de sete anos passados, quando a Prefeitura do Rio transferiu a festa da praia do Coqueirinho no centro da Pedra para a Praia da Brisa. O problema é que desde que a festa foi transferida para esse local a população de Guaratiba não consegue ter acesso devido à falta de transporte.

Em anos anteriores conseguiu-se junto a Secretaria de Esportes e Lazer a circulação excepcional de uma linha de ônibus do centro da Pedra até o local, e, conforme nos foi prometido por e-mail através do Secretário, na época, a linha funcionaria de 18:00 hs. do dia 31/12 às 02 hs. do dia 01/01. A frustração e tristeza foram gerais, pois no dia marcado (apesar do e-mail do secretário, os ônibus não apareceram). Isso ocorreu há cinco anos e depois disso perdemos a fé na Prefeitura e atualmente só pode comparecer ao excelente Reveillon realizado na Praia da Brisa, quem possuir condução própria o que provoca um lamentável esvaziamento na festa.

A linha 888 (Piraquê-Sta. Cruz - via Praia da Brisa) recém-reinaugurada só funcionou por dois meses. A linha 882 (Barra-Sepetiba) tem seu horário de término de circulação bem antes da meia-noite. A linha 866 (Cpo. Grande-Crácia) atinge a Praia da Brisa antes de chegar ao centro da Pedra. As kombis do transporte alternativo (Piaí-Sta. Cruz) se recusam a deixar os passageiros na Av.Nelson Moura Brasil do Amaral (praia), deixando os passageiros na Estrada do Piaí, sendo necessário andar três quilômetros a pé por ruas mal iluminadas até chegar à praia.

O pior é quem vem da Pedra de Guaratiba, Piraquê, Lgo. dos Correias ou Barra de Guaratiba terá que efetuar de duas a três baldeações para assistir ao Reveillon da Prefeitura. Se o morador da Pedra ou Barra de Guaratiba quiser assistir ao Reveillon de Sepetiba onde as condições de condução são um pouco melhores, terá que fazer baldeação em Campo Grande para chegar até aquele bairro desestimulando assim a população.

Enquanto isso na zona sul, no grande Reveillon, a Prefeitura do Rio usa de todas as formas seu "bom" nome para através da propaganda fazer a população do Rio e do mundo acreditar que aqui é tudo perfeito. São acionados todos os benefícios da praticidade, segurança e principalmente meios de locomoção inclusive com esquema especial de um metrô que mesmo expandido (para o deleite dos políticos que o usam não como meio de transporte para beneficio popular e sim como instrumento eleitoral angariador de votos) funciona em condições de risco nesta época de férias, com vagões superlotados por cariocas e turistas em vagões cujas janelas não abrem e que o ar condicionado funciona apenas na metade dos carros.

| 28.12.2009 |

Projeto Botinho tem 16 mil vagas no Rio de Janeiro.

Patrocinado pela Petrobras desde 2003 e realizado pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, o projeto Botinho se tornou uma marca de lazer e alegria do verão nas praias cariocas. Todos os anos, o projeto realiza cursos gratuitos de segurança no mar para crianças e jovens do Rio de Janeiro.

O curso Botinho, ministrado pelos guarda-vidas do Corpo de Bombeiros, inclui técnicas de abordagem e salvamento de pessoas em situações de afogamento, biologia marinha, meteorologia, oceanografia, além de educação ambiental e segurança em praias, rios, lagos e lagoas. Os participantes são divididos em três categorias: Golfinho (para crianças de 7 a 10 anos), Moby Dick (de 11 a 14 anos), e Tubarão (de 15 a 17 anos).

Além de melhorar a convivência das crianças e jovens com o mar e aumentar sua segurança, o curso garante maior tranquilidade aos pais. Enquanto as crianças e jovens participam do treinamento, as mães formam turmas com atividades de educação física e jogos de praia.

As aulas serão realizadas a partir do dia 4 de janeiro em 38 praias do litoral do estado do Rio de Janeiro, concentradas em dez núcleos: Barra da Tijuca (Barra, Recreio, Barra de Guaratiba); Copacabana (Copacabana e São Conrado); Botafogo (Flamengo e Paquetá); Ramos (Piscinão de Ramos e São Gonçalo); Angra (Angra dos Reis, Parati, Frade, Ilha Grande, Vila Histórica, Mambucaba e Mangaratiba); Niterói (Icaraí, Piratininga, Itaipuaçu, Barra de Maricá e Ponta Negra); Araruama (Praia seca, Iguaba, Saquarema, Rio Bonito); Cabo Frio (São Pedro, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Búzios, Santo Antonio e Peró); Macaé (Casimiro,Rio das Ostras, Macaé) e Campos ( Farol de Campos, Atafona, Gargaú, Santa Clara).

Para 2010, as inscrições estão abertas até o dia 8 de janeiro ou até o preenchimento das 16 mil vagas oferecidas e podem ser feitas no site www.projetobotinho.com.br

| 28.12.2009 | Informações pelos telefones: 2333-7341 / 2333-7342

Homem morre em colisão entre táxi Siena e um Fiat Uno na Avenida das Américas.

Dois carros se acidentaram próximo ao CETEX na Avenida das Américas. Ao que tudo indica trafegavam em sentido contrário e colidiram de frente.

O motorista do Fiat Uno chamado Carlos morreu no local e outras duas pessoas que ocupavam o Taxi Siena ficaram feridas.

Já é comum as colisões na Avenida das Américas, e muitos motoristas moradores de Guaratiba conhecedores desse fato estão evitando a Estrada principalmente nos horários de Rush.

| 28.12.2009 |

Assalto na Estrada da Pedra de Guaratiba acabou em morte do lutador de artes marciais Marco Jara e o turista Brent gravemente ferido.

Luciano Szafir (de azul) ajuda a amparar Jane, com
parentes e amigos no enterro da vítima em Botafogo.
Foto: Fernando Souza/Agência O Dia

O lutador de artes marciais Marcos Adriano Albuquerque, conhecido como Marcos Jara, de 39 anos, foi encontrado morto dentro de um carro na Rua Marmiari, num dos acessos à Favela do Sapo, em Senador Camará, Zona Oeste, na tarde desta quinta-feira. Ele e um amigo, o turista americano Brent Garret Massnan, de 36, seguiam para Paraty, na Costa Verde, quando foram abordados por dois bandidos na Estrada de Pedra, em Guaratiba. Brent foi baleado na barriga e abandonado pelos criminosos na Favela do Cesarão. O carro em que os dois estavam é de propriedade do ator Luciano Szafir, sócio de Jara.

No momento da abordagem, os dois estavam em uma Land Rover, dirigida pelo lutador. Segundo um familiar de Marcos Adriano, ele seguia com o amigo americano para Paraty, onde iriam comemorar o Natal. Os dois saíram da Barra e percorreram o trajeto pela Grota Funda.

De acordo com a polícia, na Estrada da Pedra, em Guaratiba, Marcos parou o carro para pedir informações. Neste momento, foi abordado por bandidos que minutos antes haviam roubado um Siena de um motorista.

Segundo testemunhas, Marcos e Brent teriam reagido ao assalto. O americano foi baleado na barriga, e o lutador foi obrigado pelos criminosos a continuar dirigindo. Brent foi abandonado na entrada da Favela do Cesarão, também em Santa Cruz. Ele foi socorrido por uma ambulância do Samu e levado para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz. O turista após uma cirurgia durante a madrugada, foi transferido para o Hospital Copa´Or e permanece no CTI do Hospital.

O corpo do lutador Marco Jara foi enterrado na tarde deste sábado (26), no cemitério São João Batista, na Zona Sul do Rio. Parentes e amigos acompanharam o sepultamento.

A polícia acredita que os bandidos têm envolvimento com o tráfico, já que o Cesarão e a Favela do Sapo pertencem à mesma facção criminosa.

Polícia Civil divulgou neste domingo o retrato falado de um dos suspeitos de matar o lutador: Leia reportagem no Globo

| 28.12.2009 | Veja cenas do sepultamento no G1

BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

Se um ex-prefeito fala, seu sucessor deve pelo menos analisar seu depoimento..

As questões da Habitação e do Transporte são associadas. O engarrafamento de hoje é a imprevisão dos vetores de expansão urbana de ontem. A favelização de ontem, é resultante -anteontem- da atração do mercado de trabalho em certas regiões, sem transporte de massa, das regiões onde vivem os trabalhadores.

Santa Cruz, com seu distrito industrial, a duplicação da Michelin e o megainvestimento da Thyssen de 10 bilhões de reais (siderurgia, coqueria, porto e termoelétrica) continuará atraindo trabalhadores. Estes vão morar onde? Favelizando o entorno? Um ramal dos trens para o distrito industrial de Santa Cruz e entorno permite os trabalhadores que moram nas zonas oeste e norte serem empregados sem precisar deslocar suas famílias.

O Porto de Sepetiba-Itaguaí é área de forte expansão econômica. As empresas imobiliárias já começam a planejar os investimentos que a atendam. A preocupação delas é com os profissionais e executivos que trabalharão lá. Da mesma forma os governos em relação à Santa Cruz. Com isso, o que se pensa -e deve ser pensado- é a melhoria da ligação pela Avenida D. João VI (antigo trecho da Avenida das Américas depois da serra) e pelo Túnel da Grota-Funda.

E os trabalhadores? Eles não moram nem vão morar na Barra da Tijuca e nem têm carro para deslocamento ou ônibus fretado. Os investimentos prioritários e organizadores da ocupação do solo e da fluidez do tráfego em direção a mais importante região industrial -diversificada- do Estado são os ramais de Santa Cruz e de Itaguaí. O que se espera é que venham logo e antecipem racionalizando e qualificando a ocupação crescente daquela região pariada de Santa Cruz-Itaguaí.

| 28.12.2009 |Fonte: Ex-Blog do Cesar Maia

Portal Guaratiba e CEPAG convocam a população para um abaixo assinado.

Mesmo após termos a garantia do Secretário de Transportes, afirmando que a Estação da Grota Funda seria incluída no Projeto do BRT, o CEPAG e o Portal Guaratiba resolveram ratificar o pedido através de uma movimentação popular em torno do tema.

A maneira mais simples e que produzirá os resultados esperados será por meio de um abaixo assinado. Assim o Portal Guaratiba convoca a todos para este movimento e para tal inclui nesta edição um modelo de abaixo assinado que poderá ser baixado (download) e após preenchido ser entregue nos seguintes locais:

Em Barra de Guaratiba na Pousada do Sérgio - Estrada Roberto Burle Marx 9555.

Na Ilha/Pedra - Sede do CEPAG na Fazenda Modelo - Capela de Santo Antônio.

| 28.12.2009 |Modelo de abaixo assinado Maiores informações pelos telefones 2410-8324 / 8865-7663