Notícias de Guaratiba

Ausência do poder público é o principal obstáculo ao desenvolvimento de Barra de Guaratiba

Publicado em 03.05.2010

Como já era esperado, e como já foi amplamente denunciado pelo Portal ao longo desses três anos de existência, os empresários do setor de gastronomia de Barra de Guaratiba, reunidos pelo SEBRAE para formação do Pólo Gastronômico, identificaram que os principais pontos fracos da região resumem-se à ausência do poder público.

O péssimo serviço de abastecimento de água e saneamento figura talvez num dos grandes entraves e problemas enfrentados, seguido da indisciplina do serviço de transporte público oferecido pela Jabour, que sem controle das autoridades despeja milhares de pessoas na Barra de Guaratiba nos meses de verão. O Transporte precário principalmente para os bairros da Barra da Tijuca e Jacarepaguá isola a região fornecendo somente alternativa efetiva de transporte para moradores de Campo Grande e adjacências.

Além desses pontos fracos que consideramos os principais problemas, foram citados o lixo produzido por essa imensa população flutuante e aquele originado pelos próprios moradores que ainda não encontraram um ponto de equilíbrio com a COMLURB o que acarreta que o lixo fique espalhado pelas ruas e os poucos contêiners não atendem convenientemente a população. Outro problema gravíssimo que enfrentamos é a ausência de policiamento e a inexistência de um posto de saúde 24 horas, inclusive nossas ambulâncias que deveriam estar a postos no posto do Corpo de bombeiros, conforme já denunciamos, não ficam disponíveis para uma eventualidade na região.

A característica geológica de Barra de Guaratiba, por apresentar gradientes acentuados e ruas estreitas, não possui área de estacionamento para o público visitante, e os engarrafamentos na estrada são constantes no verão. A presença de 72 quebra molas na estrada decorre principalmente das péssimas condições da estrada Roberto Burle Marx sem meios-fios nem acostamento. Enfim, a falta de ordem e serviços públicos deficientes ou inexistentes não só dificultam a formação do Pólo Gastronômico como torna difícil a quem quer que seja morar em Barra de Guaratiba.

Esperamos que com esses estudos e planejamentos que estão sendo realizados, com a força organizacional e influência do SEBRAE junto à Prefeitura, os principais entraves ao desenvolvimento da região sejam retirados para que o Pólo possa despertar e que este sonho a tanto tempo sonhado se torne realidade. A próxima reunião do pólo será na Quarta Feira dia 5 de maio às 8 horas no restaurante Tropicana.