Notícias de Guaratiba

Mercado de Peixe de Pedra de Guaratiba recebe aprovação da população local.

Publicado em 12.02.2010

Os compradores que vinham de longe comprar peixe em Pedra de Guaratiba naquela época em que os peixeiros ficavam com seus isopores na Barros de Alarcão, parece que gostavam mesmo de ver aquela quantidade enorme de peixes e crustáceos expostos nos grandes isopores, oferecidos despudoradamente com as tampas abertas. Era a festa dos odores na rua e das cervejas que rodavam nos bares servidas com petiscos, pastéis e empadas. Era o folclore que se via nas ruas que atraía os compradores que vinham de longe.

Segundo alguns peixeiros, ao organizar a venda de peixes no Mercado Neco Russo, tudo muito asseado, cheiroso e organizado, com pequenos isopores nas bancas que só permitem expor poucos exemplares de peixes, parece que espantou um pouco essa freguesia que vinha de longe, mas ao mesmo tempo atraiu moradores da Pedra que antes não compravam. Ou seja, observou-se um afastamento dos compradores de outros bairros que vinham atraídos pelo folclore, mas em compensação aumentou o número de Guaratibanos que passaram a comprar no mercado.

Os comerciantes do mercado pagam um condomínio de cerca de R$ 80,00, água, luz e taxas, valor que não chega a R$ 150,00. Espera-se que com a organização do mercado e divulgação em outras áreas da cidade, as vendas possam aumentar. É preciso paciência, o mercado só tem 8 meses e é um bebê em termos de vivência administrativa e de vendas.

Fica aqui um convite para uma visita ao Mercado de Peixe Neco Russo de Pedra de Guaratiba, e a cervejinha com pastéis e empadas na Barros de Alarcão nunca deixaram de existir.

BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina