Notícias de Guaratiba

Expansão urbana em Guaratiba aproxima população de cobras venenosas

Publicado em 15.11.2010

Colaboração: Lina Souza - Jornalista
Fonte principal: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Acidentes com cobras venenosas não são raros em Guaratiba. Por ser uma região com florestas preservadas e áreas alagadas, é comum encontrarmos cobras peçonhentas. Convém aos moradores, principalmente aqueles que moram próximo as fraldas das montanhas ou próximo as margens das regiões mais alagadas e úmidas conhecerem as cobras e os prováveis riscos de uma picada.

As cobras são comuns em locais onde existem muitos ratos e preás, mas nem todas as cobras são venenosas. Cobras venenosas têm olhos com a pupila vertical como a dos gatos e narinas (presença de dois furos laterais), a cabeça é triangular e a cauda afunila rapidamente. No caso da cobra coral é fácil identificá-la pelos anéis coloridos e a cor coral (na cobra coral verdadeira, os anéis coloridos dão a volta completa, mas por segurança, considere todas como verdadeiras).

Podemos encontrar em Guaratiba, jararacas, urutus, jararacuçus, cascaveis, surucucus e a corais verdadeiras, e o que fazer no caso de uma picada de cobra?

1. Não perca tempo em procurar ajuda, pois o tratamento deve ser feito em até 30 minutos após a picada;

2. Deitar e acalmar a vítima; o acidentado não deve locomover-se com os próprios meios;

3. Lavar o local da picada apenas com água ou com água e sabão;

4. Aplicar compressa de gelo no local;

5. Transportar (em maca) a vítima ao médico mais próximo, para tratamento (aplicação do soro); e

6. Levar junto à cobra (viva ou morta) para identificação.

NÃO FAZER EM HIPÓTESE NENHUMA

" Torniquete ou garrote;

" Cortar ou perfurar o local (ou próximo da) picada;

" Colocar folhas, pó de café ou qualquer substância que possa contaminar a ferida;

" Oferecer bebidas alcoólicas, querosene ou qualquer outro líquido tóxico;

" Fazer uso de qualquer prática caseira que possa retardar o atendimento médico.

Principais sintomas de uma picada:

Cascavel - (cobra com chocalho na ponta da cauda)

A picada é dolorosa no momento, mas desaparece depois de algum tempo, passados 30 a 60 minutos, o acidentado (a) fica com "cara-de-bobo", devido à queda de pálpebras e paralisia dos músculos dos olhos; o indivíduo vê dupla imagem turva. A urina fica vermelho-castanho-escuro e diminui muito em volume, ou pára, nos casos mais graves.

O envenenamento por cascavéis é dos mais sérios e de maior índice de mortalidade, podendo matar em poucas horas, ou após 6-12 dias, devido à lesão renal. Mesmo no caso da dor desaparecer, a vítima deve ser levada a um médico, pois ocorrerá necrose ao redor, que pode estender-se por todo o membro atingido, com a consequente amputação.

Jararaca, urutus, jararacuçus

Urutu
Jararaca

Sua picada causa inchaço e perda de sangue, que além do ponto da picada pode ser pelas gengivas. Além da cara-de-bobo e urina escura (vermelha e turva), podem aparecer bolhas no local, o sangue não coagula e fica uma cicatriz, devido à necrose no local da picada. Como tratamento, usa-se o soro antiofídico ou soro antibotrópico, ou ainda o soro antibotrópico-laquético.

Coral

Uma das serpentes mais venenosas. A cobra-coral é tão peçonhenta quanto uma naja. A sua peçonha é neurotóxica, ou seja, atinge o sistema nervoso, causando dormência na área da picada, assim o acidentado não sente muita dor no local da picada. Poucas horas após o acidente aparece a "visão dupla", associada à queda das pálpebras - "cara de bêbado". Outro sinal do envenenamento são os problemas respiratórios (sobretudo no diafragma), que pode, em poucas horas, causar a morte do acidentado. Deve o acidentado procurar um hospital o mais rápido possível por se tratar de um veneno muito agressivo. Como tratamento, usa-se o soro antielapídico intravenoso.


Exibir mapa ao lado ampliado no GOOGLE MAPS

Onde encontrar o soro antiofídico no Rio de Janeiro?

Rua Maestro José Botelho, 64
Vital Brazil, Niterói, RJ CEP: 24.230-410
Cx Postal 100.028. Tel.: (21) 2711-9266 / 2711-9223

Instituto Vital Brazil - Governo do Estado do Rio de Janeiro

Compartilhe essa notícia