Notícias de Guaratiba

Preservação do manguezal viabiliza Pólo Gastronômico de Guaratiba

Publicado em 19.07.2010

Apesar das insistentes manifestações ambientalistas, do trabalho da COMLURB aqui em nossa região e de algumas matérias que temos publicado sobre o risco que corre nosso manguezal, ainda assim encontramos cenas inusitadas como esta que estamos publicando na Estrada Roberto Burle Marx.

Os visitantes de nossa região certamente ficarão horrorizados ao encontrar não um manguezal preservado, mas um manguezal assoreado e morto pelo esgoto, produtos de limpeza e excesso de lixo em suas margens. Quando chegar ao restaurante não terá coragem de degustar as ostras e caranguejos de Guaratiba, sabendo de antemão que devem ter vindo das águas contaminadas que se vêem ali pelo caminho, nas margens da estrada.

Não adianta falar que os pescados vêm de outra região mais protegida e limpa, por exemplo, do interior do mangue distante um ou dois quilômetros da margem, ou de outro estado. Ficará sempre a sensação de estar consumindo um pescado contaminado, visto que sempre foram dali retirados.

Agora, com o Pólo Gastronômico de Barra de Guaratiba em funcionamento e organizado, cumpre aos restaurantes promover uma ampla campanha de conscientização para preservação do manguezal, o que garantirá não só a sobrevivência do mangue como a própria viabilidade da gastronomia local. Deveriam ter como ação prioritária, acompanhar e sugerir às autoridades as intervenções necessárias a este programa de limpeza e manutenção e deslocar recursos e esforços para proteger o maior patrimônio ambiental da região.

Compartilhe essa notícia