Notícias de Guaratiba

Centro Paraolímpico está sendo construído na Estrada do Magarça

Publicado em 19.10.2010

O Instituto Superar, organização não governamental (ONG) criada para apoiar atletas portadores de deficiência de todo o Brasil, deu início às obras do Centro de Treinamento (CT) Paraolímpico, na Estrada do Magarça em Guaratiba. O complexo será palco de preparativos e competições de 15 modalidades, incluindo natação, atletismo, futebol de sete (disputado por quem tem paralisia cerebral), futebol de cinco (para deficientes visuais) e goalball (jogo praticado por atletas cegos ou de pouca visão, cujo objetivo é arremessar uma bola sonora no gol do adversário). Voltado para a preparação de esportistas de alto rendimento, o espaço servirá, ainda, para a descoberta de talentos entre crianças e adolescentes da região.

A construção do CT está sendo bancada pelos parceiros do Instituto Superar: Unimed-Rio, Ale Combustíveis, You Move, IBM, Supermercados Prezunic e Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. Todos também custearão a manutenção e as atividades do complexo - os atletas nada pagarão para treinar no local.

Segundo o presidente da ONG, Marcos Malafaia, trata-se da primeira instalação esportiva da América Latina totalmente adaptada para deficientes físicos.

"- Estamos confiantes que essa infraestrutura proporcionará muitos benefícios ao esporte brasileiro. Em vários países, o atleta paraolímpico conta com tratamento de excelência. Estamos buscando isso" - diz Malafaia.

A construção do complexo está orçada em aproximadamente R$ 8 milhões. Já os gastos com a manutenção do CT, que ocupará uma área de cerca de 45 mil metros quadrados, deverão girar em torno de R$ 100 mil mensais. Um custo relativamente baixo, de acordo com Malafaia, diante dos ganhos que os atletas terão.

Compartilhe essa notícia