Notícias de Guaratiba

Guaratiba precisa urgente de um programa de Ecoturismo para preservação de suas trilhas e praias virgens.

Publicado em 23.02.2010

Foto: Edson Ribeiro

Somente a vontade política da Prefeitura do Rio e uma parceria público privada podem salvar as belezas naturais de Barra de Guaratiba do turismo predatório que se faz na região.

Como foi denunciado não só no editorial desta edição como também no relato dramático feito pela Sra. Hollanda na coluna Fala Cidadã, são centenas de pessoas visitando e destruindo um patrimônio natural que não é só de Guaratiba, mas da cidade do Rio de Janeiro.

Nesta reunião que será realizada no próximo dia 25/02 para definir e estabelecer as diretrizes de criação do pólo Gastronômico e Turístico de Barra de Guaratiba é altamente conveniente que profissionais de turismo e pessoas que se interessam pela região, não só de Guaratiba, mas ambientalistas e ecologistas de toda cidade venham propor energicamente uma definição da Prefeitura com relação à formação do Parque de Barra de Guaratiba.

A Prefeitura do Rio de Janeiro poderia entrar em contato com a Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Abeta)(http://www.abeta.com.br/pt-br/) e propor uma parceria público privada para planejar e implantar o Parque de Barra de Guaratiba voltado ao ecoturismo e turismo de aventura.

Profissionais da área, especializados em cada ramo de atividade, tais como escalada, rapel, trilhas, montanhismo, surf, etc... Poderiam capacitar profissionais na própria região através de cursos e palestras voltados à segurança e preservação ambiental. Poderiam sugerir medidas para suprir o parque de uma infra-estrutura básica de funcionamento, normatização e legalização das atividades.

BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina