Notícias de Guaratiba

Comunidade do Rio Piraquê em Pedra de Guaratiba não será removida totalmente.

A Secretaria Municipal de Habitação pretende apenas remover quem está em área de risco ou inundação.

Publicado em 24.01.2010

Recentemente foi veiculada nos meios de comunicação a notícia de que a Prefeitura do Rio pretendia remover 119 favelas até 2012, e entre elas foi mencionada a Comunidade do Piraquê em Pedra de Guaratiba, entretanto os representantes da Prefeitura que compareceram à audiência pública no último dia 18 de janeiro em Pedra de Guaratiba, garantiram que a comunidade será urbanizada e descartaram a remoção total da favela.

Segundo foi mencionado na ocasião, algumas casas deverão ser removidas devido a estarem em áreas de risco, entretanto nenhum levantamento ainda foi feito pelos órgãos responsáveis.

De acordo com a secretaria municipal de Habitação, as famílias removidas serão incluídas no programa Compra Assistida. A prefeitura irá avaliar o imóvel demolido e financiar o pagamento de outro imóvel do mesmo valor.

"É uma indenização indireta. Não daremos dinheiro nas mãos das pessoas, vamos dar novas casas com valores iguais para elas morarem", informou Bittar.

Outra alternativa definida para as famílias é a inclusão do programa Aluguel Social. Cada família irá receber mensalmente a quantia de R$ 250 e será incluída no programa federal Minha Casa, Minha Vida. Quando o imóvel do projeto habitacional for comprado, a família deixará de receber o aluguel social. Cerca de 12 mil unidades do programa Minha Casa, Minha Vida foram licenciadas pela prefeitura em Pedra de Guaratiba.

Segundo levantamento do Instituto Pereira Passos a favela do Rio Piraquê foi a que mais cresceu. Sua área cresceu 81%, numa comparação com os dados de 1999.

...................Comunidade do Piraquê em 2002 .......................................Comunidade do Piraquê em 2010....................

BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina