Notícias de Guaratiba

Guaratiba recebe primeira Clínica da Família no Jardim Maravilha

Publicado em 30.09.2010

Texto: Portal da Prefeitura do Rio de Janeiro

Foto: http://www.jardimmaravilha.com/

A Prefeitura do Rio inaugurou no domingo, dia 19/09, a Clínica da Família José de Paula Lopes Pontes, no Jardim Maravilha, em Guaratiba. Essa é a 18ª Clínica da Família inaugurada pelo governo municipal este ano e a 10ª erguida na Zona Oeste. A nova unidade vai beneficiar 20 mil moradores do bairro. O investimento foi de R$ 2,5 milhões.

A nova unidade, localizada na Rua Jaburu, s/nº, no Jardim Maravilha terá um modelo de atenção personalizado e focado na prevenção e promoção da saúde. O atendimento será realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 12h.

De acordo com o secretário municipal de Saúde e Defesa Civil, Hans Dohmann, a população será sempre atendida pela mesma equipe de saúde, que vai conhecer a vida de cada paciente:

- "A Clínica da Família tem um funcionamento diferente do posto de saúde. É um novo sistema de saúde, com atendimento personalizado e uma equipe que vai cuidar e fazer um histórico familiar de doenças. Mas o principal objetivo é fazer o que nunca foi feito nessa cidade: prevenção. Temos que identificar e evitar que as pessoas fiquem doentes. Uma clínica tem condição de cuidar de 70% dos problemas de saúde."

Ao todo, serão cinco equipes de Saúde da Família e duas de saúde bucal. Entre os serviços oferecidos estão consultas individuas e coletivas, visita domiciliar, saúde bucal, vacinação, pré-natal, ultrassonografia, curativos, planejamento familiar e exames de raio-x, sangue, urina e fezes, teste do pezinho e tratamento e acompanhamento de pacientes diabéticos e hipertensos. A clínica terá também seis consultórios, além de salas de ultrassom, raios-x, observação clínica (com três leitos), procedimentos, curativos, imunização, coleta, reunião, farmácia e auditório.

Para o coordenador do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, Oscar Berro, que representou na inauguração o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, a cidade do Rio de Janeiro vem se destacando no setor pelas iniciativas e transformações que vem sofrendo:

- "A saúde precisa estar em todos os lugares. Esse projeto que está se desenhando aqui no Rio de Janeiro é fantástico. Só existem duas cidades no mundo que estão sendo consideradas investidoras no setor de saúde: uma é o Cairo (Egito) e a outra é o Rio de Janeiro".

A região da Área de Planejamento (AP) 5.2, que compreende os bairros de Santíssimo, Campo Grande, Cosmos, Inhoaíba, Guaratiba, Ilha de Guaratiba, Pedra de Guaratiba e Barra de Guaratiba, possui população aproximada de 804 mil pessoas, das quais 75% utilizam exclusivamente serviços de saúde do SUS. Nessa mesma região, a Prefeitura do Rio irá abrir outras nove unidades até 2012.

Participaram do evento de inauguração, além do secretário municipal de Saúde e Defesa Civil, Hans Dohmann; e do coordenador do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, Oscar Berro; o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto; o presidente da RioUrbe, Marco Antônio Almeida; o presidente da Academia Nacional de Medicina, Pietro Novellino; parentes de José de Paula Lopes Pontes e a população.

Foram também inauguradas este ano as Clínicas de Santa Cruz, Sepetiba e Paciência.

- "O Rio não tem problema de hospital, tem até muitas unidades, mas ficam lotados porque as pessoas vão para lá por qualquer motivo. Com essas unidades de saúde que a Prefeitura está implantando, ninguém mais vai sofrer, porque essa clínica é a da "não doença". Aqui, as pessoas terão o atendimento básico de saúde e um acompanhamento individualizado e personalizado. E só em caso de emergência deverão procurar as UPAs e, nos casos mais graves, os hospitais" - explicou o prefeito durante a inauguração da Clínica da Família em Paciência.

Compartilhe essa notícia