Notícias de Guaratiba

Obras na Escola Ana Nery não a deixam pronta para receber as crianças

Publicado em 30.11.2010

Materiais de construção e operários ainda são vistos no pátio da Escola Ana Nery em Barra de Guaratiba, mas segundo informações do Sr. Kessler um dos sócios e proprietário da Empresa Revolution que executou as obras nos muros de contenção, o trabalho está já na fase final e praticamente pronto.

A Prefeitura contratou a empresa para reparar e construir novos muros de arrimo e contenção na lateral do terreno e atrás do prédio, objeto dos relatórios da defesa civil segundo a responsável pela aplicação do Projeto Conservando da RioUrbe.

Segundo o dono da empresa contratada, apesar de não estar incluído no contrato, resolveu alguns problemas de infiltração no telhado que poderiam tornar insalubre o ambiente da escola, conforme comprovam as extensas marcas de umidade nas paredes.

"Estes tres problemas com infiltrações foram localizados e resolvidos, como prova de boa vontade da empresa, apesar de não estarem incluídos no contrato", afirma o proprietário da Revolution, "mas isso não elimina a necessidade de uma revisão e talvez uma reforma geral do telhado e eliminação de infiltrações do solo", diz o especialista.

Pode-se ver claramente pelo aspecto geral da escola assim que se entra que as salas e instalações não terão como abrigar as crianças sem uma reforma geral no prédio, o que certamente demandará recursos e mão de obra especializada. Ao encontrarmos com a Coordenadora de Obras da RioUrbe responsável pelo projeto Conservando, Sra. Isabel Guerreiro, perguntamos sobre a continuidade das obras que permitiriam aprontar a eEscola dentro do prazo previsto para o retorno das crianças.

"-O objeto da obra veio por conta de um relatório da Defesa Civil, nada mais está sendo previsto dentro do Projeto Conservando", respondeu a coordenadora. Ao apontarmos a necessidade da continuidade da reforma para a volta das crianças, entregou a responsabildade na mão da Diretora que segundo ela ao voltar poderá providenciar a reforma com recursos do FUNDEB colocados a sua disposição.

"- Sempre é possível encaminhar um pedido ou fazer um contato com a Ouvidoria da Prefeitura, ela existe para isso", recomendou a funcionária talvez reconhecendo sua impossibilidade de decidir sobre o assunto.

Compartilhe essa notícia