PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Editorial do Portal e Coluna Fala Cidadão

Atualização semanal - Editorial publicado em 20.04.2010

Nossa cruel democracia

Quem conta um conto aumenta um ponto, ou melhor, dizem que todo boato tem um fundo de verdade

Texto: Sergio Mello - Editor do Portal Guaratiba.

Traiçoeira, a administração pública vem a todos os recantos da cidade alardeando obras e melhorias que o cidadão não vê. Canta, canta, gorjeia como pássaro viajor, mas as obras e melhorias tão esperadas, demoram, demoram até cair no esquecimento e mais nada se fala sobre aquilo. O desencanto toma conta da população que a cada dia vê um novo administrador com politiquice, brindar, sorrir, levantar bebezinho, abraçar trabalhador desdentado e no final sair voando com seu helicóptero ou jatinho emprestado por um empresário para outras paragens, talvez um sítio em Angra, uma fazenda no interior do Brasil ou um país na Europa.

De repente, não mais que de repente, parafraseando o poeta, escutamos a notícia que essa ou aquela instituição sofreu uma reforma ou ampliação e a obra custou lá em torno de um milhão de reais. "Onde? Quando? O que foi feito? Qual reforma? Hã... Pintou o muro ou a fachada?... O meio fio ou refez o jardim... Mas... Um milhão? É, sabe como é... Essas obras são caras..." E fica no ar aquela desagradável sensação de que estão me fazendo de otário. Mas não somos nós, simples eleitores desses burocratas que ai estão que devemos fiscalizar. Existem os órgãos controladores que são criados e mantidos para coibir esses abusos. Está aí o Ministério Público, com toda a sua respeitabilidade e admiração pública para nos defender e ao erário, as controladorias dos Estados e Municípios, enfim são eles os responsáveis e os competentes avaliadores dessa situação.

E aí, corre pra cá e pra lá a boataria despachada e travessa de quem não sabe mais se balbucia ou grita com a indignação que corre solta entre nós. “Sabe? Eles estão dizendo que vão calçar dezessete ruas, mas só quinze estão no contrato e eu soube que das quinze três já estão calçadas... E daí cidadão... O que quer que eu faça...” Todos nós sabemos que essas coisas existem... Que o superfaturamento e as licitações fraudulentas estão correndo soltas por esse país. Veja que esta semana mesmo, médicos e funcionários da saúde foram flagrados falsificando cirurgias e compra de equipamentos caríssimos drenando a já minguada verba da saúde.

Por exemplo: corre a boca solta por Guaratiba, e isso todos nas ruas já sabem e comentam que o túnel ainda não saiu porque o famigerado consórcio que na ocasião ganhou a licitação, por algum motivo, foi impedido de superfaturar ou fraudar despesas das obras e aí a obra mixou. Pode até ser difamação ou boato espalhado por inimigos políticos da administração na época, mas com tantas denúncias a toda hora na imprensa, fica a sensação que seria bem possível que tivesse acontecido.

E cada ano que passa, e cada promessa de melhoria não realizada, vai minando a esperança dos moradores de Guaratiba que estão vendo não só seu bairro maior que muitos municípios do Estado do Rio ser submetido à administração de uma cidade que o despreza, como também sentir a deterioração da qualidade de vida do carioca, submetido à violência, degradação do ambiente, estagnação dos serviços de transporte tendo como principais agentes de mobilidade urbana da cidade as empresas de ônibus, que impedem a todo custo o desenvolvimento de uma malha de transportes de massa que seja contra seus interesses empresariais.

Isso, todos nós sabemos, e como sempre digo, eles acham que nós não sabemos ou que somos indiferentes a essas questões, mas o que realmente acontece é que nós somos pacíficos, acreditamos nas instituições que nos protegem e na justiça. Só não acreditamos no nosso legislativo que aprova leis para proteger corruptos e corruptores que deveriam pegar penas de 30 anos de cadeia no mínimo, porque aqui não é país Islâmico, pois se fosse eles teriam mesmo as mãos cortadas em praça pública. Mas é natural que isso aconteça, que as leis para punir corruptos seja branda, pois afinal ninguém vai querer dar o tiro no próprio pé.

Enquanto isso, a população de Guaratiba fura buracos no chão para retirar sua água do lençol freático contaminado pelos sumidouros que é obrigada a construir por não ter saneamento básico, enterra seu lixo quando a coleta tarda em alguns locais, lambe suas feridas provocadas pelas enchentes, convive com as doenças endêmicas como a dengue, leishmaniose e leptospirose e tem de cuidar da saúde e buscar educação profissional em centros comunitários patrocinados carinhosamente pelos políticos que sem explicação substituem os postos de saúde e escolas profissionalizantes que o Estado deveria oferecer.

Fala cidadão(ã)

Atualização semanal - Coluna Fala-cidadão(ã) publicada em 20.04.2010

Cultura em Guaratiba

Texto encaminhado por Urbano Mena.

Difícil viver num lugar completamente carente de cultura e lazer, a não ser os bares e botequins onde a única programação é tomar um porre. Por falta de alternativas é que escrevo estas linhas. Precisamos nos conscientizar que moramos numa comunidade na qual só temos belas praias e muitos bares mas nenhum teatro, nenhuma galeria de arte, nenhuma casa de show, nenhum ginásio, nenhuma lona cultural, enfim, nada.

Tédio e mais tédio...

Diferentemente de outros bairros como Santa Teresa e Zona Sul. onde tem até demais, aqui em Barra de Guaratiba poucas pessoas têm a iniciativa de criar eventos diferentes e interessantes.

Há pouco tempo aconteceu uma caminhada ecológica promovida pelo Bar Xodó e o Chiquinho (Francisco Siqueira – Blog do Portal) para a Pedra do Telegrafo, quando todos alegres participaram de um belo churrasco e musica ao vivo com o melhor chorinho da zona oeste com muita dança e descontração.

Quem sabe o Pólo Gastronômico e Turístico de Barra de Guaratiba traga em 2010 mais atrações acompanhando essa tendência ecológica e gastronômica da região.

O que realmente levantou o astral do Bairro foi a apresentação da Banda 14 bis lendária dos anos 80 com sucessos incríveis como Azul do Mar e os músicos originais da banda todos cinquentões mas com pique de 30 dando um show de técnica e harmonização.

O aniversario de Guaratiba teve algumas atrações que foram mal divulgadas ou organizadas emergencialmente e não dá para dizer a que que veio a não ser um caminhão com trio elétrico tocando pagode que animou a noite de domingo na Ilha de Guaratiba.

Inaugurei mais uma exposição individual com suas ultimas pinturas no Rhatta em Vargem Grande com lugar para músicos onde a Cantora Selma foi o maior sucesso cantando sucessos de bossa nova e MPB.

As reuniões do SEBRAE com os empresários de restaurantes de Barra de Guaratiba está de vento em popa para criar um projeto de total melhoria para a região apoiado pela Prefeitura. A próxima reunião será no dia 28 de abril às 8 hs da manhã no restaurante da Tia Penha.