Notícias de Guaratiba

Acionistas da Thyssen Krupp tomaram conhecimento do que acontece na Siderúrgica de Santa Cruz

Publicado em 13.02.2011

Material enviado por email por Mônica Lima (UERJ)

Ekkehard Schulz - Presidente da Thyessen Krupp

Em 21 de janeiro de 2011 foi realizada uma Assembléia de Acionistas da Thyssen Krupp na cidade de Bochum na Alemanha, Christian Russau sabatinou o presidente da empresa perante os acionistas quanto à viabilidade da siderúrgica nos moldes que vem operando em solo Brasileiro.

Christian Russau é membro da KoBra Kooperation Brasilien, uma organização não governamental na Alemanha que faz parte de uma rede de solidariedade e intercambio de grupos sociais alemães com brasileiros. Christian tem apoiado a luta dos pescadores da Baia de Sepetiba contra a CSA desde 2008.

Inicialmente Christian faz um pequeno resumo do que tem acontecido durante esses primeiros meses de operação da siderúrgica, salienta a importância da questão ambiental e as sucessivas punições que estão sendo impostas à indústria, inclusive com uma possível pena de prisão para os dois diretores responsáveis, e provável fechamento de parte da planta ou da usina inteira caso não sejam corrigidas as falhas de operação.

Foram colocadas questões importantes que expuseram publicamente as relações estranhas entre a Thyssen Krupp e o INEA, quando perguntou sobre a doação que a empresa fez de dois milhões de euros para a renovação da sede da Agência de Meio Ambiente.

-" Como pode uma empresa controlada dar a seu controlador dois milhões de euros"? Perguntou Cristhian ao Presidente da Thyssen Krupp.

Outro ponto que mereceu destaque nesta assembléia, foi a resposta dada pelo presidente a uma pergunta feita por um acionista: - "Eu só vim, a saber, hoje que a planta no Brasil não tem licença de operação, podendo até ser fechada pelas autoridades ou dos tribunais. O Senhor pode explicar"?

Resposta de Ekkehard Schulz:

-"Nós não nos preocupamos com a possibilidade da planta ser fechada. Seria administrativa e economicamente insensato criar uma equipe extra para isto. Além disso, destacamos que a inauguração da planta contou com a presença do presidente Lula, e que todos nós temos recebido das autoridades a notícia de que nossos procedimentos estão corretos. Temos conversas boas e próximas com o governador, o prefeito e o ministro do Meio Ambiente Carlos Minc"..

Leia na íntegra o documento que traduz a sabatina feita por Cristhian Russau

Compartilhe essa notícia