Notícias de Guaratiba

Sistema BRT será última palavra em carroceria

Publicado em 15.03.2011

É um ônibus comum, mas parece um trem de alta velocidade. Assim é o desenho do ônibus articulado fabricado pela empresa de carrocerias NEOBUS que será utilizado na Transoeste. O BRT terá uma pista seletiva e até agora estão previstas 26 estações no trajeto da Alvorada até a Loja Amoedo no Recreio e mais 4 estações em Guaratiba. Como a Prefeitura decidiu estender a linha até Santa Cruz e dali a Campo Grande, e mais a intenção de fazer chegar o BRT a Campo Grande também pela Estrada do Mato Alto, outras estações deverão entrar na via.

O MegaBRT, assim batizado pela empresa fabricante, foi apresentado oficialmente na Fetransrio, em novembro do ano passado e agradou. Parece um VLT - Veículo Leve Sobre Trilhos, que foi inicialmente proposto nos estudos iniciais da via, ao olharmos de frente o ônibus tem o formato de um trem de alta velocidade (TAV). É um conceito novo que passa aos usuários e responsáveis pelo transporte público da cidade um sentimento de eficiência e desempenho. Talvez o objetivo seja transmitir aos proprietários de carros que podem confiar no transporte oferecido e deixar o carro na garagem, mas só o futuro dirá. "Esse trem bala sobre rodas" conforme se comentou na ocasião deve provar seu valor em operação, e vamos avaliar o desempenho independentemente da beleza da carcaça. A efetividade e regularidade do transporte é que libertará a população da necessidade do transporte individual e do enorme custo de estacionamento que a população do Rio de Janeiro está tendo de suportar após a lei "Cidinha Campos".

Em entrevista recente à revista "Transporte Moderno" na sua última edição, o diretor nacional do Centro de Transporte Sustentável (CTS Brasil), Luiz Antonio Lindau, especialista em mobilidade urbana, depois de ver fotos do MegaBRT disse: "Os ônibus mais modernos no mundo estão migrando para este tipo de ônibus que a Neobus está fazendo. Janelas amplas, iluminação interna interessante, layout moderno, wireless, no fundo tem espaço para bicicletas. É ótimo. Está no que a gente espera. É o caminho que está sendo feito em outros lugares". Ainda segundo a reportagem, para ele, o projeto da Neobus é atrativo para tirar carros das ruas e atrair as pessoas para dentro dos ônibus. "A grande vantagem desse veículo é que ele rompe um pouco com aquele conceito de um BRT ser um ônibus. Demonstra que é, sim, um veículo de alta capacidade, um ônibus moderno com outra configuração. O veículo de superfície está assumindo um estágio distinto do ônibus tradicional que a gente conhece. Este é o conceito do BRT", assinala.

Compartilhe essa matéria