Notícias de Guaratiba

TV Globo leva ao ar minissérie sobre a vida de Chico Xavier

Publicado em 19.01.2011

Depois do sucesso no cinema, com mais de três milhões de espectadores, Daniel Filho faz uma adaptação do filme para uma minissérie de quatro capítulos que será levada ao ar pela TV Globo entre os dias 25 e 28 de janeiro logo após o programa "Big Brother Brasil 11".

A linguagem da TV é diferente do cinema, e não será simplesmente dividir o filme exibido no ano passado em capítulos. Será acrescentado mais de uma hora de cenas inéditas e que não fizeram parte da película exibida. Segundo Daniel Filho, as cenas não foram excluídas da edição original, pois tanto a Globo quanto ele já pensava em transformar o longa em minissérie.

"Quando começamos a filmar, já sabíamos que haveria um projeto para a TV depois. Não sabíamos quais cenas seriam usadas em um ou outro, pois para mim todas eram importantes, fortes e boas", explica o diretor, que faz questão de frisar que as 'novas' imagens só não estavam na trama original por causa das diferenças entre a linguagem da TV e a do cinema.

"O mais importante é que não foram cenas que sobraram e foram excluídas. As sequências escolhidas para o filme e para a série são opções diferentes de contar a história", emenda.

Baseado no livro 'As Vidas de Chico Xavier', do jornalista Marcel Souto Maior, a série narra os 92 anos da vida do maior médium brasileiro de todos os tempos. Os episódios contam detalhes da história do garoto de infância pobre, que saiu de Pedro Leopoldo, em Minhas Gerais, e que levou à risca o princípio de amar ao próximo.

O telespectador que viu o filme vai poder verificar que a minissérie apresenta algumas mudanças no período da infância de Chico em relação ao que foi mostrado no cinema. A série começa com as primeiras manifestações mediúnicas do menino, vendo e ouvindo espíritos já na escola, e surpreendendo os professores com uma linguagem rebuscada. São mostradas ainda as agressões da madrasta (Giulia Gam), além do período em que o menino larga a escola e começa a trabalhar para ajudar a família.

A vida adulta de Chico Xavier (Ângelo Antônio) também é mostrada com algumas cenas inéditas. Depois de estudar a doutrina espírita e sentir e ver com sua visão mediúnica o espírito de seu guia espriritual Emmanuel (André Dias), Chico se muda para Uberaba, em Minas, e abre a Casa da Prece, dedicando todo seu tempo a ajudar os outros. Laura Cardoso faz participação especial e inédita, no papel dela mesma. "A vida dele em Uberaba é mais detalhada na série. Mostra quando e por que começa a psicografar as cartas", adianta Daniel Filho, que também dedica um espaço ao Chico mais velho (Nelson Xavier) e já doente.

"Vai mostrar mais o cotidiano dele velho", conta Nelson. "Vou travar alguns diálogos mais fortes com o Chico após as entrevistas", emenda Tony Ramos, que vive o diretor de televisão Orlando, personagem que perdeu o filho e está cada vez mais cético em relação ao mundo espiritual.

Depois de fazer 'Chico Xavier', Nelson Xavier praticamente mudou seu modo de encarar a vida. Com câncer de próstata, ele luta contra a doença com todos os métodos possíveis. Além da medicina tradicional, o ator, inspirado nos ensinamentos de Chico, também faz tratamento junto a entidades espirituais. "Trato-me periodicamente com entidades. Vou lá (centro espírita), converso e estou melhorando", revela.

Depois de se emocionar com a história de vida do médium logo no primeiro contato, Nelson mudou a maneira de ver a vida e se relacionar com os outros. "Nunca tinha dado atenção ao lado espiritual da vida. O Chico me revelou. Ensinou-me o 'amai-vos uns aos outros'. Nunca tinha visto nada assim antes. É a maior pessoa que já conheci", diz o ator de 79 anos, emocionado.

Compartilhe essa notícia