Notícia

Orquestra Sinfônica Brasileira se apresentará neste sábado (14) nos jardins da Cidade das Artes na Barra da Tijuca

Com entrada franca, a orquestra se apresentará às 20:00 hs para um público estimado de 10 mil pessoas nos jardins do complexo de 97 mil metros quadrados localizado na Barra da Tijuca

Publicado em 12.12.2013

Da Redação

Projeto Aquarius

A organização do evento informa que, em caso de chuva, a apresentação será transferida para domingo (15/12), no mesmo horário.

Democratizar a cultura por meio da música ao ar livre. Com este lema, o Projeto Aquarius, realizado há 41 anos pelo jornal O GLOBO, convida a Orquestra Sinfônica Brasileira para mais uma surpreendente e emocionante apresentação ao público no dia 14 de dezembro, às 20 hs (os portões serão abertos às 16 hs). O evento acontece pela primeira vez na Cidade das Artes - complexo de 97 mil metros quadrados localizado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - e trará como tema desta edição os "Clássicos Populares", com a regência do Maestro Roberto Minczuc. A apresentação fica a cargo da jornalista Ana Paula Araújo.

O Projeto Aquarius 2013 quer mostrar que a música clássica está presente no dia a dia da população, daí a escolha de um repertório bastante conhecido do grande público. Entre os clássicos a serem apresentados pela OSB está a encantadora Quinta Sinfonia de Beethoven, possivelmente a obra clássica mais popular e mais executada em todo o mundo. Nos anos 70, a obra ganhou uma versão eletrônica que virou sucesso e já foi usada em muitas peças publicitárias.

"Estamos muito felizes de realizar esta edição do Aquarius na Cidade das Artes, levando música de qualidade para um público que habitualmente não se desloca até o Centro do Rio, e que está sedento para ter também esse grande prazer que é ouvir um concerto de música clássica", constatou o maestro Roberto Minczuk.

As tradicionais obras natalinas "Adeste Fidelis" e "Noite Feliz" contarão com a participação do Coro de Crianças da OSB e do Coro Sinfônico do Rio de Janeiro, regidos por Julio Moretzsohn. "Noite Feliz", composta por Franz Grüber e traduzida para mais de 45 idiomas, vem sendo entoada desde 1818, quando foi apresentada pela primeira vez, na Áustria. Já "Adeste Fidelis" foi escrita no século XVII, mas até hoje seu verdadeiro autor permanece desconhecido.

PROGRAMA:

Ludwig van Beethoven - Sinfonia nº 5 em dó menor, Op. 67

I. Allegro con brio

Georges Bizet - Carmen - Abertura

Georges Bizet - Carmen - Habanera

Solista: Luisa Francesconi (mezzo-soprano)

 

Gioachino Rossini - O Barbeiro de Sevilha - Largo al factotum

Solista: Igor Vieira (barítono)

 

Giuseppe Verdi - La Traviata - Sempre Libera

Solistas: Edna D'Oliveira (soprano), Marcos Paulo (tenor)

 

Heitor Villa-Lobos - Choros nº 10 W209

Giacomo Puccini - Turandot - Nessun Dorma

Solista: Marcos Paulo (tenor)

 

Anônimo - Adeste Fidelis

 

Franz Grüber - Noite Feliz

 

Ludwig van Beethoven - Sinfonia nº 9 em ré menor, Op. 125 - Coral

IV. Presto

Solistas: Edna D'Oliveira (soprano), Luisa Francesconi (mezzo-soprano), Marcos Paulo (tenor), Igor Vieira (barítono)

 

TRANSPORTE:

A prefeitura recomenda que o público utilize o transporte público para chegar ao evento. Apenas veículos credenciados terão acesso ao estacionamento da Cidade das Artes.

A SMTR determinou o reforço da frota de linhas de ônibus que circulam na região com destino ao Terminal Alvorada e, também, dos serviços do BRT Transoeste para atender com mais conforto e qualidade a população. Os espectadores deverão utilizar o Terminal Alvorada como ponto de chegada e de partida do evento. Localizado ao lado da Cidade das Artes, o terminal possui conexão direta, por meio de passagem subterrânea, ao local da apresentação.

Na área externa, ao lado do terminal, haverá ponto de táxi para embarque e desembarque dos passageiros. Agentes da SMTR estarão no local para fazer o ordenamento do ponto. Cerca de 80 controladores da CET-Rio e Guardas Municipais vão atuar no eixo Avenida das Américas/Avenida Ayrton Senna e no entorno da Cidade das Artes. Painéis de mensagens variáveis orientarão motoristas.

Comentário