PortalGuaratiba

O portal da comunidade de Guaratiba.

Projetos aprovados para a região de Guaratiba

Legenda:  Projetos vergonhosamente engavetados                    Projetos que estão demorando a sair do papel


DECRETO Nº 24230 - Criação do Bairro Recreio de Guaratiba

 Segundo o Decreto sancionado pelo Prefeito Cezar Maia, a Secretaria Municipal de Urbanismo teria 180 dias para disciplinar e viabilizar a implantação do mais novo Bairro do Rio de Janeiro.
O propósito do trabalho seria permitir o adensamento populacional esperado para a baixada de Guaratiba com um mínimo de ordenamento urbano.
O planejamento da infraestrutura, dos espaços públicos, dos serviços sociais, do paisagismo comum e dos limites do novo bairro seria necessário, devido à provável abertura do Tunel da Grota Funda dentro de alguns meses (SIC).
Entretanto, devemos usar um termo médico para descrever a situação do projeto aprovado: - Projeto nati-morto. Morreu no seu nascimento, muito mais devido a pressões políticas e econômicas, do que dificuldades de implantação.
O Instituto dos Arquitetos do Brasil e entidades empresariais, chegaram batendo forte no projeto (Porque?), sugerindo a ocupação de áreas da Av. Brasil(???).
Perguntamos: - O que tem uma coisa a ver com a outra ????
É consenso que alguma coisa deve ser feita na região, seja a implantação deste ou de outro projeto similar para que o caos não se estabeleça.

Veja projeto na íntegra.

Estação de Tratamento de Esgoto para a área de Barra de Guaratiba, XXVI R.A., AP 5.3 .

 O PROJETO DE LEI Nº 1177/2003 Autoriza o Poder Executivo a construir uma Estação de Tratamento de Esgoto para a área de Barra de Guaratiba, XXVI R.A., AP 5.3 .
Autora: Vereadora Lucinha
A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO Decreta:
Art. 1º Fica o Poder Executivo autorizado a construir uma Estação de Tratamento de Esgoto para a área de Barra de Guaratiba, XXVI Região Administrativa, AP 5.3 .
Art. 2º Para execução da presente Lei, serão utilizadas dotações orçamentárias próprias oriundas do Tesouro Municipal, ficando autorizado o Poder Executivo a estabelecer acordos e/ou convênios que assim se fizerem necessários.
Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em de novembro de 2004.
SAMI JORGE HADDAD ABDULMACIH Presidente

Pólo Gastronômico e Turístico de Guaratiba.

  O Pólo Gastronômico e Turístico de Guaratiba é baseado em um plano de divulgação e de desenvolvimento integrado e sustentável da Costa Oeste do Município. No projeto da Riourbe está prevista a construção do Pavilhão de Guaratiba (perspectiva ao lado), que terá uma área construída de 2.605 m2 e mais 3.042 m2 de área verde.
O pavilhão ficará entre a Estrada da Matriz e a Avenida das Américas, no terreno da Fazenda Modelo. A proposta é incentivar o potencial local, recuperando a vocação rural, turística e gastronômica da região, que abrange diversos bairros: Guaratiba, Sepetiba, Pedra de Guaratiba, Ilha de Guaratiba, Campo Grande e Santa Cruz.
Orçada em R$ 3,1 milhões, a obra inclui boxes para exposição e venda de produtos da Costa Oeste, uma praça de alimentação, estacionamento para 160 veículos e um centro de informações turísticas.
A Prefeitura já instalou nova sinalização viária e turística na região.

Veja projeto na íntegra.

Licitações com PPPs começam a sair neste semestre
Tunel da Grota Funda ( Data: 04/01/2005 - Fonte: Folha Online )

 O prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia, afirmou hoje que as primeiras licitações para realização de obras com as PPPs (Parcerias Público-Privadas) devem sair ainda neste primeiro semestre. A declaração foi dada após o encontro com representantes do setor da construção civil para discutir a viabilidade dos projetos. De acordo com o prefeito.......os primeiros projetos que deverão sair do papel foram planejados antes da criação das PPPs: o túnel da Grota Funda, que liga o Recreio à Guaratiba (zona oeste do Rio), uma duplicação do trecho com cobrança de pedágio, e a criação de um Centro de Convenções na região próxima à prefeitura. Os principais interesses da prefeitura no curto prazo estão relacionados a obras de transporte e ao início da terceira etapa do Favela-Bairro (programa de urbanização das favelas).
Cesar Maia estuda a possibilidade de autorizar a construção dos prédios do chamado Lote 27 (ao lado do Alfa Barra), no Rio. Em troca a turma da especulação imobiliária construiria o túnel da Grota Funda.(??????)

Plantando o Futuro

O Viva Rio, em parceria com o Instituto Camargo Corrêa, iniciou mais uma iniciativa para a qualificação profissional de jovens moradores de comunidades de baixa-renda. O projeto “Plantando o Futuro” capacita a meninos e meninas de 16 a 21 anos para exercerem a profissão de jardineiros e trabalhadores na produção de mudas e sementes (viveirista), desempenhando um papel relevante na sua comunidade, atuando como cidadãos que preservam e respeitam o meio ambiente em que vivem. O curso tem duração de 6 meses e é ministrado em Santa Cruz.
O programa destina-se a jovens de baixa renda, que saibam ler e escrever, residentes em bairros da zona oeste (Santa Cruz, Guaratiba e adjacências), locais que apresentam os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) entre os bairros do Rio de Janeiro.
O "Plantando o Futuro" mantém turmas do módulo básico e do módulo avançado para ex-alunos. As aulas serão ministradas de segunda a sexta, quatro horas por dia. No básico, entre as atividades práticas e teóricas, os jovens aprendem sobre cidadania e direitos humanos; habilitação para o mundo do trabalho; educação ambiental; viveiros (estrutura, etapas de produção, manutenção, etc); reflorestamento, arborização e recuperação de áreas degradadas; jardinagem, paisagismo e horticultura. No módulo avançado, os jovens aprendem sobre gestão de pequenos negócios e produção vegetal.
Ao final do curso os alunos deverão ter adquirido os conhecimentos e habilidades necessárias ao exercício da profissão e os princípios de ética e cidadania que os ajudarão a perceber a importância de um trabalho sério de preservação ambiental. O principal objetivo do “Plantando o Futuro” é colaborar de maneira eficaz e positiva para de deter o crescimento do número de jovens pertencentes a grupos em situação de risco e prevenir a violência.

Os projetos da Embrapa

Os projetos da Embrapa Agroindústria de Alimentos são aprovados e financiados por diversas fontes. Abaixo estas são listadas com destaque para a fonte interna da Embrapa representada pelos macroprogramas do Sistema Embrapa de Gestão (SEG).

Veja mais...

Plantando o futuro

Na Zona Oeste do Rio, a capacitação em técnicas de jardinagem tem transformado a história de muitos adolescentes. A idéia surgiu com Renato Gomes, coordenador do projeto "Plantando o Futuro", da Viva Rio. Desde o ano passado, a iniciativa forma jardineiros e viveiristas na região, que tem um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano do município.

Veja mais...

Oeste Verde

Para colaborar na recuperação do meio ambiente na Zona Oeste do Rio de Janeiro e, ao mesmo tempo, desenvolver atividades de Educação Ambiental junto às comunidades, o Viva Rio deu início ao Oeste Verde.

Veja mais...

Projetos de microodesenvolvimento da Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico

São projetos com o objetivo de requalificar determinadas áreas da cidade. As ações incluem tratamento urbanístico, revisão da iluminação, construção de estacionamento e, em alguns casos, a implantação de ciclovias. Executadas nas áreas centrais dos bairros, as intervenções buscam estimular a potencialidade da área e ajudam a motivar as atividades comerciais do entorno. As ações atendem a interesses e necessidades próprios de cada comunidade.

Como sempre Guaratiba foi esquecida pelo poder público.

Veja mais...

Escola de Fungicultura na Fazenda Modelo

A Escola de Fungicultura será instalada na Fazenda Modelo, na Zona Oeste, como um eixo do Pólo Turístico e Gastronômico de Guaratiba. O objetivo é profissionalizar, inicialmente, 100 famílias de baixa renda, para produzirem o cogumelo da espécie Agaricus Blazei. Nativo da Mata Atlântica, esse tipo de fungo tem alto valor medicinal e comercial. É procurado, principalmente, pela indústria química internacional para elaboração de medicamentos contra o câncer.

Veja mais...